Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

6 de maio de 2009

Um pouco de tudo


Senado
superfatura contrato

Uma comissão do Senado designada pelo 1º Secretário da Casa, Heráclito Fortes (DEM-PI), para examinar contratos firmados pelos ex-diretores Agaciel Maia e João Carlos Zoghbi que um deles poderá proporcionar uma economia de até 57% se for realizada uma nova licitação. A exemplo de outros, tal contrato foi firmado com valores superfaturados. No entanto, novo processo licitatório só poderá ocorrer quando atual contrato for encerrado no prazo estabelecido;

Em se tratando do Senado, certamente uma nova licitação deve demorar um pouco;


PMDB está mais para Serra

De acordo com o "Blog de Josias" (de Souza), a candidatura de Dilma Roussef não está tão tranquila quanto queiram dar a entender os petistas. É que o PMDB está demonstrando - sem as ameaças do episódio da Infraero - que há uma forte tendência de em alguns Estados o partido apoiar a candidatura do tucano José Serra. Somente em três Estados - Ceará, Amazonas e Piauí - é que o PMDB estaria fechado com a candidato de Lula, e no Piauí há a dissidência do senador Mão Santa. Nos outros 24 Estados os peemedebistas caminham para formalizarem acordos regionais com o DEM e o PSDB;

O PMDB não muda e vai partir para o "Toma Lá Dá Cá";

Licença Maternidade para o homem

A Câmara dos Deputados aprovou legislação estabelecendo que homem pode tirar Licença Maternidade sem perder o emprego. Isso pode acontecer nos casos em que a mãe da criança recém-nascida venha a falecer. O pai da criança, da mesma forma que ocorre com a mãe, não poderá ser demitido nos cinco meses após o parto. O projeto vai ser apreciado agora pelo Senado;

Os futuros beneficiados vão ter que aguardar algum tempo;


Cidade da Música desafina

Uma auditoria determinada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, apurou que houve um exagerado superfaturamento na aquisição de equipamentos para a Cidade da Música, obra faraônica iniciada pelo ex-prefeito César Maia e paralisada pelo atual prefeito assim que tomou posse. Entre as grandes diferenças do valor constante das encomendas com o de mercado estão 34 microfones que custam normalmente R$ 2.220 que foram adquiridos por R$ 15.550 cada um (+600%); já 3 Mini Disks (MD) de R$ 1.100 foram encomendados por 10.480 (+853%); e 6 Amplificadores que custam R$ 5.500 foram encomendados por R$ 33.200 (+503);

César Maia terá que se afinar, pois tais preços estão bastante desafinados com a tonalidade da realidade.

Um comentário:

  1. então para o pai ficar com o filho em casa a mulher tem que morrer?

    Podiam colocar algo menos obvio "o pai vai cuidar da criança se ela tiver 8 pernas"

    ridiculo isso

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário