Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

29 de maio de 2009

O que o povo fala por aí

Lendo as cartas de leitores, de vez em quando é interessante saber o que andam pensando por aí sobre os últimos fatos. Com relação ao auxílio-moradia de Sarney, um leitor assim se expressou:

"Se alguém, por acaso, depositar R$ 3.800 na minha conta bancária vou procurar saber a origem desse dinheiro. Na conta do senador José Sarney há um depósito mensal nesse valor, pelo menos desde 2008, e ele não sabia que dinheiro era aquele". (Emerson Rios, Niterói, RJ)

É que a conta bancária de Sarney é tão grande, que uma migalhinha de quase R$ 4 mil não dá para ser percebida. Quanto ao respectivo contracheque, é bem provável que pelo tempo de carreira de Sarney tenha tantas folhas que o "pequeno acréscimo" não deu para ser percebido;

Já sobre a composição dos integrantes da CPI da Petrobras e sobre os nomes da chamada "tropa de choque" do Governo na comissão, outro leitor escreveu:

"Ao escolher, a dedo, os parlamentares que vão compor a CPI da Petrobras, o governo federal e a base governista que o apoia devem pensar que o povo brasileiro é idiota. E, se não bastasse, oito dos 11 escolhidos respondem a processos no STF ou receberam doações para suas campanhas de empresas ligadas à Petrobras". (Holofernes Mamede Soeiro Fuentes)

É claro que uma CPI é um bom prato para a Oposição fazer barulho contra o Governo às vésperas de uma eleição, mas é evidente que os governistas não
querem por nada nesse mundo que a verdade apareça, pois mesmo sendo a estatal uma empresa de grande porte, também é fonte de renda para muita gente que apoia o Governo Lula. Daí esse timaço escalado para "apurar" as denúncias;

Outro leitor também se refere à composição da CPI da Petrobras da seguinte forma:

"Quem faz CPI da Petrobras ganha doações dos fornecedores dela. O que acham que vai dar? Vai dar em nada, como sempre acontece. Esses políticos deveriam ser expulsos do Congresso. ao verdadeiros ladrões oficializados".
(Carlos Augusto P. Lopes Filho, Rio de Janeiro, RJ)

Para manter tudo isso (as doações, patrocínios etc.), a própria Petrobras anuncia que o valor cobrado pelo litro da gasolina não vai baixar em 2009, mesmo com o preço do barril tendo caído de 150 para menos de 50 dólares. É preciso fazer caixa para sustentar a farra, além de reforçar os apoios à candidata oficial do Palácio do Planalto.

Um comentário:

  1. A Petrobrás foi privatizada pelo governo Lula. Na verdade foi roubada. Ela agora pertence ao PT que faz da empresa o que quer.

    Contratos sem licitação com empresas que contribuen para as campanhas do PT, como por exemplo a GDK que doou um Land Rover para Silvinho do PT.

    Dinheiro de Royalties dos municípios que vai parar nos bolsos de diretores da empresa indicados pelo PT.

    E ainda dizem que a Petrobrás não precisa ser investigada.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário