Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de maio de 2009

O Ministro da Maconha


Quando um Ministro de Estado comparece a um evento pode-se interpretar que ele ali está representando o Governo do qual ele integra o primeiro escalão. É assim que pode ser analisada a presença do Ministro do Meio Ambiente, Carlos "Colete" Minc, na Marcha da Maconha que aconteceu no último fim de semana no Rio de Janeiro, quando adeptos de um "baseado" se manifestaram pela liberação do "tapa" no cigarro proibido;

Em outros tempos, o ministro Carlos Minc não escaparia de o Ministério Público Federal abrir processo, enquadrando-o nos artigos 286 e 287 do Código Penal, por apologia ao crime, pelo fato dele participar da Marcha da Maconha, no Rio. É certo que a manifestação tinha autorização da Justiça, dentro do princípio do livre direito de manifestação. Mas a presença de um Ministro de Estado dá uma outra conotação do evento;

Se Lula não tomar uma medida sério de repúdio à presença de um Ministro de seu Governo numa manifestação de apoio ao uso de uma droga condenada pela sociedade estará avalizando a presença de Minc como uma posição do Poder Executivo contra a proibição hoje em vigor em relação ao uso de drogas, sejam elas mais ou menos fortes;

Certamente, outras marchas virão por aí pedindo a liberação de drogas sintéticas, da cocaína e até do crack. Talvez até alguém queira arguir que de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente não se possa tocar numa criança que esteja cheirando cola;

Se o ministro Minc gosta tanto de aparecer - e gosta muito, como se observa pelos seus coletes coloridos -, que apareça porém de modo mais positivo do que o demonstrado na orla de Ipanema no último fim de semana.

Um comentário:

  1. Ainda bem que a mídia não deu muita bola para as marchas que aconteceram em alguns Estados espalhados pelo país.
    A Democracia tupiniquim proporciona esses espetáculos neo-liberais mesmo...não há muito o que se fazer.A liberdade de expressão perdeu o fio da meada faz tempo!! Hje cada um fazo que bem entende,se não depedra o patrimôno público,pode tudo!!

    Ta faltando marcha de pederastra em prol da lberação do abuso de menores! ¬¬ cada uma viu!

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário