Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

9 de junho de 2012

Por que Lula tem medo do julgamento do Mensalão do PT?

Lula insiste: Mensalão não existiu
  • Em 12 de agosto de 2005, o site 'UOL Notícias' informava que o então presidente Lula dizia se sentir traído e pedia desculpas à Nação pela descoberta do Mensalão do PT. A notícia dizia que Lula, em pronunciamento à nação com mais de três horas de atraso em relação ao inicialmente programado, se dizia traído e indignado pela grave crise política, afirmando: "Eu me sinto traído por práticas inaceitáveis. Indignado pelas revelações que chocam o país, e sobre as quais eu não tinha qualquer conhecimento". Ele também pediu desculpas "ao povo brasileiro". Lula disse, naquela ocasião, que, se pudesse, já teria punido os culpados, mas que esse poder não está em suas mãos. Destacou o papel da Polícia Federal nas investigações e garantiu que afastará imediatamente os apontados por envolvimento. "Estamos investigando todas as denúncias. Ninguém será poupado", enfatizou;
  • Em certa ocasião, Lula afirmou que estava sempre em constante metamorfose. No caso do Mensalão, ele dá uma definitiva demonstração sobre suas mudanças. A partir de um determinado momento, Lula passou a chamar o Mensalão de uma farsa, dizendo mesmo que ele nunca existiu. Se assim fosse, em 1º de dezembro o site 'Folha Online' não informaria que o plenário da Câmara dos Deputados, com 293 votos a favor e 192 contra, tinha cassado o mandato do então deputado José Dirceu (PT-SP), ex-ministro da Casa Civil e um dos principais responsáveis pela campanha de Lula em 2002. José Dirceu era chamado por alguns rivais de 'primeiro-ministro' e era tido como o responsável por formar um 'rolo compressor' no Congresso Nacional para aprovar projetos de interesse do Executivo. Por que a cassação, mesmo tendo o Governo tão ampla 'base aliada'. Era uma prova de que o Mensalão na verdade existiu;
  • Agora, depois de sete anos, 38 denunciados e indiciados de terem participado do Mensalão irão ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Entre eles estão figuras de alto prestígio no PT, entre eles José Dirceu, que mesmo cassado em 2005 ainda dá as cartas no partido e, segundo dizem, também tem grande influência no atual Governo. E Lula talvez tenha se arrependido do pedido de desculpas feito em 2005. Não fora isso, não teria tentado convencer o ministro Gilmar Mendes para promover o adiamento do julgamento, agora com data marcada para iniciar. Se o Mensalão não existiu, qual a razão para tanto medo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário