Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

19 de maio de 2011

Calma, Sérgio Cabral!

Cabral quer votos dos gays?
O governador Sério Cabral, do Rio de Janeiro, é sem dúvida um nome com possibilidades futuras de ser um líder político nacional. A espetacular tomada do Complexo do Alemão e consequente implantação de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em vários pontos daquela região deram-lhe uma merecida dimensão na mídia, com repercussão até no exterior. No entanto, volta e meia Cabral dá umas 'escorregadas' no afã de aparecer mais do que deve, talvez querendo chegar à condição de grande líder político nacional antes do tempo, quem sabe, querendo já ter seu nome participando das especulações com vistas à sucessão presidencial em 2014. Uma indicação para vice-presidente na chapa oficial pode ser que seja plano seu;

Esta semana, Sérgio Cabral foi longe demais, tudo indicando que na espectativa de ganhar prestígio junto à comunidade gay depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) oficializando a chamada união homoafetiva. Ferindo qualquer possibilidade de bom senso, o governador fluminense autorizou a participação de policiais e bombeiros na Parada Gay, podendo ir fardados e em viaturas das respectivas corporações. Acabou tomando uma dura do comandante da Polícia Militar, coronel Mário Sérgio Duarte, que avisou a Cabral que o regulamento da corporação não permite que um militar compareça fardado, em sua folga, a um evento civil;

Cabral ainda estava se superando ao autorizar também o uso de veículos na Parada Gay. Aí seria demais. Se acontece algum incêndio, faltaria viatura; no caso dos carros da polícia, tem ocorrência toda hora. Cabral demonstrou que está em campanha eleitoral. Para chegar ao Legislativo, ele passou a ser o defensor dos idosos, conseguindo os votos dos velhinhos e se elegendo. Agora, já que não poderá concorrer outra vez a governador, procura fazer bonito para a comunidade gay e ganhar os votos dos homossexuais. Calma, Cabral! Você é um político jovem e tem potencial para chegar longe. Não precisa atropelar e lei. Nem o bom senso.

6 comentários:

  1. Cabral é tão somente um IDIOTA


    não perde por esperar....

    ResponderExcluir
  2. O governador do Rio de Janeiro faz qualquer negócio por alguns momentos de fama, sempre focado, é claro, em uma possível ascensão a cargos mais elevados na política que se pratica no Brasil. Até aí, nada de mais, até porque ele é um político.

    O problema está no ridículo de certas atitudes. A iniciativa de autorizar a participação de policiais e bombeiros na Parada Gay, fardados e utilizando viaturas das respectivas corporações, sem atentar para seus regulamentos disciplinares é um destes casos.

    Bela postagem, Airton!

    ResponderExcluir
  3. O governo Cabral é um ótimo governo!

    ResponderExcluir
  4. Gosto não se discute.
    Há quem goste de giló, quiabo e maxixe.
    Eu, não.

    ResponderExcluir
  5. Não importa o que me digam, gosto e acredito em Cabral. Estamos Juntos!

    ResponderExcluir
  6. É isso aí. O Sergio Cabral quer aparecer para subir na carreira... nem que seja como substituito do Shaolin!!! Viram a cara dele na foto acima e na do jornal EXTRA de sábado, 03/06/11, ao lado da Dilma? Não é mesmo um deslumbrado????

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário