Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

11 de abril de 2009

O PAC é eleitoreiro? Ou não?

"O mandato está terminando. É preciso mostrar essas obras para a população em 2010". A declaração é do presidente Lula cobrando mais agilidade na execução das obras do PAC, em reunião com um grupo de ministros na última quarta-feira. E não são obras eleitoreiras, segundo propala Lula, Dilma & Cia;

Qual a razão, então, das obras serem mostradas no ano que vem, quando teremos eleições presidenciais? Por que não podem tais obras serem feitas para ficarem prontas em 2011, 2912 ou 2013? Isso dependeria do tamanho de cada empreendimento que o Governo venha a fazer através do PAC. Mas, pelo que se vê, a importância da obra parece que está no tempo em que ela ficará pronta, ou seja, exatamente no a no da eleição para a sucessão de Lula;

Existia antigamente uma prática que era a dos prefeitos espalharem manilhas e meio-fios pela ruas não pavimentadas, em ano de eleição, dando a ilusão ao eleitor de que a obra estava sendo feita, ou então, obras eram arrastadas para serem inauguradas às vésperas da eleições para que o eleitor visse a capacidade de trabalho do prefeito, "por coincidência" no ano das eleições;

Não se discute aqui a utilidade de cada obra do PAC. Pressupõe-se que sejam todas elas úteis e necessárias. Mas essa de mostrá-las à população exatamente em 2010, com exige Lula, não deixa a menor dúvida de que o objetivo é parecido com aquele do passado, qual seja o de correr atrás de voto. Vê-se, portanto, que o Brasil continua o mesmo.

2 comentários:

  1. Ainton, diga-me francamente: fosse você, faria diferente?

    ResponderExcluir
  2. Amigo Ranieri,
    Se eu não tivesse dito ao eleitorado durante mais de 20 anos que seu chegasse ao Poder tudo seria diferente, eu faria o mesmo que Lula faz hoje. Porém, para mim ele está fazendo exatamente o que todos sempre fizeram, e isso é "estelionato eleitoral".
    Só um exemplo: meu irmão, professor/doutor universitário sempre apoiou Lula desde a primeira hora, mas na eleição passada pulou fora.
    Nunca votei nele, mas acreditei que mudaria...

    Segunda-feira, Abril 13, 2009

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário