Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

23 de abril de 2009

Eles não querem perder as mordomias

Depois que a Câmara e o Senado anunciaram que a haveria restrições ao uso de recursos públicos para bancar viagens ao exterior, principalmente por parte de parentes dos parlamentares, diversos deputados e senadores foram à tribuna protestar contra as medidas, que são até certo ponto moralizadoras;

Qual o motivo dos protestos daquelas figuras? Já têm uma remuneração de dar inveja a qualquer assalariado. Têm franquia de selos dos Correios, telefones fixo e celular, passagens para ir aos seus Estados de origem e retornar a Brasília para trabalhar apenas três dias na semana, e ainda querem que o contribuinte colabore com a despesa de viagens de seus parentes;

Teve um que chegou ao ponto de reclamar que estavam querendo separá-lo da mulher e filhos ao ser impedido de usar o dinheiro público para sua família visitá-lo em Brasília. Ora, cara pálida, e as passagens que Vossa Excelência tem para ir em casa, que são pagas por nós, não dá para lamber suas crias? Parece brincadeira tal reclamação;

O que ocorre é que ainda há chance de tudo isso voltar ao que era. Acontece que a decisão é apenas da Mesa da Câmara e vai acabar sendo discutida e votada em plenário. Aí, certamente a vaca vai para o brejo, pois o corporativismo e o interesse próprio vão falar mais alto. No Senado, pelo menos, a decisão foi do plenário e sendo assim fica mais difícil votar outra vez mudando tudo. Mas, em se tratando de casa legislativa no Brasil, pelo que se vê ultimamente tudo é possível;

Hoje está circulando uma lista com as viagens de 261 deputados e seus parente e amigos para o exterior nessa verdadeira farra de passagens aéreas. Pelo menos por enquanto vai dar uma parada a verdadeira revoada de parlamentares brasileiros principalmente para Miami. Qual seria o motivo de tantos parlamentares irem até ali? Seria para fazer algum curso para melhor legislarem?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário