Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

18 de abril de 2009

E a farra continua

É triste saber que tem deputados federais trocando seus créditos de passagens aéreas por dinheiro, num comércio clandestino realizado por pessoas ligadas a agências de viagens atuando dentro e fora do Congresso Nacional. São deputados que viajam pouco e que têm dificuldades financeiras. As agências compram passagens com preços reduzidos, pagam em dinheiro e dividem os lucros com os “ilustres” parlamentares. A suspeita é que funcionários de gabinetes repassavam parte da cota de passagens não utilizada pelos deputados para agências de viagens;


A Diretoria-Geral Câmara dos Deputados instaurou nesta sexta-feira sindicância administrativa para apurar irregularidades no uso de créditos de passagens aéreas de parlamentares por parte de agências de turismo. A decisão foi tomada após a Casa ter recebido ofício do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, informando que passagens aéreas compradas em uma agência de turismo, com uso de cartão de crédito de sua propriedade, teriam sido emitidas pela cota do deputado Paulo Roberto (PTB-RS);


Passagem emitida pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), para viagem do ministro Eros Grau, foi emitida pela cota do deputado Fernando de Fabinho (DEM-BA). Por sua vez, a revista IstoÉ informa que Pedro Damião Pinto Rabelo, da agência Morena Turismo, opera um balcão de compra de créditos de passagens. Já Pedro Pinto Rabelo, que foi secretário parlamentar do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), foi denunciado pelo Ministério Público Federal;


Ironicamente, a Câmara dos Deputados vai realizar em novembro o 11º Congresso Brasileiro da Atividade Turística que terá como tema “O turismo brasileiro respondendo aos desafios e às oportunidades da crise internacional”. o evento também vai discutir medidas para evitar que os prejuízos resultantes da crise afetem a preparação para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, as tarifas aéreas e a flexibilização de vistos de entrada para turistas estrangeiros. O congresso será realizado nos dias 17 e 18 de novembro, no auditório Nereu Ramos. Para os deputados não há nenhuma dificuldade para eles e seus familiares viajar, a partir das passagens gratuitas;


Continua, pois, o “seriado” de jogadas de todos os tipos por parte de parlamentares, sempre envolvendo dinheiro do contribuinte, mas tudo por conta do excesso de mordomias utilizadas sem controle. Já é hora, portanto, de exigir-se uma parada nesses excessos, bem como nos eleitores pensarem seriamente se essa gente merece voltar para aquelas duas casas legislativas no próximo ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário