Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

6 de abril de 2009

É muito dinheiro!

Este blog foi advertido por alguém afirmando que só vê o lado ruim do presidente Lula. Não há que se negar que há pontos positivos no atual Governo, sem se utilizar daquele chavão de opositor de que todo êxito se deve ao fato de Lula ter mantido a política econômica neoliberal de FHC;

Analisando friamente, não só Lula como todo governante, por pior que seja ou tenha sido, sempre terá algo positivo para ser destacado. Fernando Collor, por exemplo, terá sempre que ser lembrado pela abertura dos produtos importados ao consumidor brasileiro;

No caso de Lula, o que vem chamando a atenção, desde 2005 com o episódio do Mensalão, é que durante quatro campanhas eleitorais ele tentou chegar à Presidência da República sempre com a mensagem de que todos os presidentes até então roubavam ou deixavam roubar, mas que com o PT no Governo seria diferentes. Dava-nos a impressão de que uma legião de anjos iria governar nosso País;

Nesta semana, a revista "Época" publica longa matéria sobre uma estranha operação liberando nada menos que R$ 178 milhões para saldar dívidas de usineiros para com a União, numa rapidez e liberalidade que estão sendo contestadas e com intermediação do deputado federal José Mentor (PT-SP); do ministro Paulo Bernardo, do Planejamento; e do diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Haroldo Lima, do PC do B;

O pagamento foi autorizado e liberado em prazo recorde. Nenhuma contestação houve e com isso os R$ 178 milhões, além de não ter sido contestado, passou longe da fila dos precatórios onde processos de valores muito menor costumam ficar durante anos. Essa "grana preta" saiu em duas parcelas, sendo uma em outubro e outra logo depois, em dezembro do ano passado. Um baita presente de Natal;

A matéria destaca que o deputado petista não teria nenhum interesse direto no problema por não ser sequer usineiro nem ligado a nenhum deles. Apenas fez lobby para o dinheiro sair rápido. O ministro do Planejamento não criou nenhuma dificuldade. Querem nos fazer crer que estavam tentando ajudar àqueles que um Lula afirmou que eram verdadeiros heróis;

O que teria levado um deputado paulista a se interessar tanto para correr repartições públicas para conseguir dinheiro para 53 usinas de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul? A revista "Época" insinua que boa parte desses R$ 178 milhões tenha sido desviada, sabe-se lá para onde;

Por essas e outras é que a falta de atitude do Governo - leia-se total omissão - contra a repetição quase constante de casos como esse acabam por ofuscar as coisas positivas de Lula que existam para serem comentadas e até elogiadas.

Um comentário:

  1. apesar de mtos criticarem o atual o governo, eu não vejo como um govwerno ruuim, e sim um governo que adiantou o pais ha uns passos a frente de mta coisa, acho triste que o lula va sair logo agora que conquistou tanta coisa,
    mas vamos de serra para 2010 nao é mesmo

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário