Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

19 de maio de 2010

Só Dilma fala em retorno da CPMF

Deve acontecer um corre-corre tremendo no comando da campanha de Dilma Rousseff quando ela faz determinados pronunciamentos sem ouvir antes sua assessoria. Ela anda pior do Lula no início de seu primeiro mandato. Ela já falou em nordestinos migrarem para o Brasil, disse que o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad controla armas nucleares e agora, reivindica a volta da famigerada CPMF, banida por pressão da opinião pública que não via os recursos sendo aplicados na Saúde, como previsto em sua criação;

Para argumentar, Dilma acusou a oposição de ter impedido que o Governo arrecadasse R$ 40 bilhões anuais para aplicar no sistema de Saúde do país, o que não acontecia havia muitos anos, com o Governo desviando os recursos em outros programas. Para piorar, o Governo no dia seguinte anuncia que sua arrecadação de impostos chegou ao recorde histórico de R$ 70 bilhões. Desde que a CPMF deixou de existir, nada mudou na Saúde, que continua precária no Brasil. Em verdade, o Governo ficou com menos dinheiro, mas não podemaos esquecer de que andou metendo a mão no IOF para compensar a perda;

A falta que os R$ 40 bilhões que arrecadava com a CPF faz ao Governo é porque o dinheiro do contribuinte era destinado, por exemplo, ao pagamento de pessoal, despesa que aumentou consideravelmente no atual Governo por causa do aumento da quantidade de cargos em comissão na esfera federal e ainda pelos volumosos aumentos de salário de grande número de cargos de confiança, especialmente os de valor mais elevado, nos quais são acomodados integrantes do PT e de partidos da "base aliada";

Para um governo que perdoa dívida de vários países e que investe neles ou em outros, além de ajudar financeiramente países em dificuldades, como foi agora o caso da Grécia, é difícil acreditar que o Brasil esteja necessitado de tanto dinheiro, que sai do bolso do contribuinte a ponto de dona Dilma falar em retorno da CPMF.

Um comentário:

  1. Recordo bem que quando a CPMF estava sendo criado o discurso dos empresários e os porta vozes deles e do "mercado" afirmavam que os produtos custariam até 5% a mais por causa da dita cuja. Poderia citar um único produto que baixu 00000000,1% com o fim da famigerada? Se mostrar um, hum que seja voto no teu candidato a presidência.
    Saudações briguilinas.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário