Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

25 de setembro de 2011

Romário quer o 'Voto Aberto' no Congresso

Deputado Romário é a favor do Voto Aberto
"As pessoas têm o direito de saber em quem e por que seus representantes votam. Porque aqui somos colocados pelo povo brasileiro". A frase foi dita pelo deputado federal Romário (PSB-RJ) em entrevista publicada na edição desta semana da revista 'Época', que ainda acrescenta sua opinião sobre a obrigatoriedade do voto no Brasil: "Sobre o voto obrigatório, não sou a favor. Acredito que vivemos em um país democrático, livre, e seria bem mais oportuno e interessante para o Brasil que vote aquele que acha que tem de votar". O ex-jogador, eleito com mais de 140 mil votos, tem surpreendido aqueles que achavam que ele seria uma figura decorativa na Câmara dos Deputados, pois se tem mostrado bastante atuante, dedicando a maior parte de seu tempo na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, além de constante fiscalização às obras da Copa do Mundo. Na entrevista, Romário disse o seguinte sobre como votou no caso da deputada flagrada recebendo propina: "A favor da cassação, e todo mundo sabe disso. Declarei publicamente no meu site e nas minhas redes sociais";

Ao apoiar o voto aberto dos parlamentares, Romário colocou-se ao lado daqueles que defendem a imediata aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 349, de 2001, que há 10 anos tramita (?) no Congresso Nacional sem que seja colocada em pauta, apesar de já aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, para que depois ser apreciada pelo Senado Federal. A razão da lerdeza está na fato de que a maioria dos deputados e senadores deseja ficar como estão, isto é, sem dar satisfação aos seus eleitores de como votam em seus nomes. Em postagem recente abordamos essa questão do voto secreto (Leia aqui). No site de relacionamento Orkut há uma Comunidade com quase 7 mil participantes intitulada 'Eu Quero Voto Aberto", que há vários anos também pede a extinção do voto secreto em todas as Casas Legislativas do País;

Na mesma edição da 'Época', o doutor em Ciência Política pela USP e professor da Fundação Getúlio Vargas em São Paulo Fernando Abrucio também aborda o mesmo tema, propondo que as manifestações anticorrupção que começam a se espalhar pelo Brasil passem a priorizar alguns aspectos políticos, destacando em primeiro lugar o fim do voto secreto no Congresso Nacional, dizendo que os representantes numa democracia devem responder continuamente e de forma clara aos representados. "No caso do processo de cassação da deputada federal Jaqueline Roriz, os eleitores não poderão julgar os eleitos porque ninguém sabe quem a absolveu, Ressalte-se que a opacidade das decisões públicas é a maior aliada da corrupção", afirmou;

Diante da posição do deputado Romário e da opinião de Fernando Abrucio, chagamos à conclusão de que o povo deve desde já começar a cobrar de seus representantes transparência no que votam em seu nome, exigindo deles a imediata aprovação da PEC 349/2001. Caso contrário, deve o eleitor começar a pensar em só das mandato em 2014 àqueles que se dispuserem a 'mostrar a cara' naquilo que votam em seu nome.

2 comentários:

  1. Caro Aiton,

    O título da matéria está incorreto, e prejudica a opinião do deputado Romário. Se ele defende o "voto aberto", como é que pode se afirmar que ele quer o fim do "voto aberto"

    ResponderExcluir
  2. Você está correto, prezado 'Anônimo'. Já corrigi o título.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário