Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

21 de setembro de 2011

Sarney continua 'mandando' no Ministério do Turismo

A melhor ilustração sobre o poder que tem o senador José Sarney (PMDB-AP) está na primeira página de 'O Globo' de hoje, numa excelente charge de Chico Caruso, na qual o "Poderoso Chefão', o Don Corleone, personagem vivido por Marlon Brando, chefe de uma mafiosa família italiana de Nova York. pergunta a Sarney se ela dá aula particular, numa prova de que o senador maranhense do Amapá manda de verdade. Uma prova da influência e prestígio que o presidente do Senado Federal tem junto ao governo da Presidente Dilma Rousseff está na notícia estampa hoje no site da 'Folha de São Paulo'

Aliado de Sarney é convidado para posto número 2 do Turismo

Aliado do família Sarney, o secretário do Planejamento do Maranhão, Fábio Gondim, foi convidado para assumir a secretaria-executiva do Ministério do Turismo. O posto é o número 2 na hierarquia da pasta. Gondim havia assumido a pasta de Planejamento no Maranhão no lugar do peemedebista Gastão Vieira, agora ministro do Turismo. Engenheiro civil e concursado, Gondim foi consultor do Orçamento no Senado e reconhecido por ter capitaneado o portal Siga Brasil --sistema de acompanhamento dos gastos de Orçamento da Casa Legislativa.

Como se recorda, Gastão Vieira, ligado à família do senador José Sarney, foi escolhido pela presidente Dilma para assumir a pasta do Turismo, substituindo Pedro Novais no cargo, que pediu demissão após denúncia revelando que ele havia cometido irregularidades com dinheiro público. Fábio Gondim é secretário de Planejamento e Educação no Maranhão, na gestão da filha do ex-presidente, Roseana Sarney, que consultada, pediu a Gastão que desistisse da ideia, pois não deseja abrir mão de seu secretário. Homem da confiança de Sarney, Fábio Gondin deixou o cargo de consultor-geral de orçamento do Senado, onde ficou de 1998 a 2010, ao aceitar o convite de Roseana para cuidar das finanças do Maranhão;

“Contamos com o Ministério Público e a Controladoria-Geral da União (CGU), dedicado a promover a transparência e a prevenir e combater a corrupção. Temos ainda a atuação independente e autônoma da Procuradoria-Geral da República e da inteligência da Polícia Federal. Conta-se também com a positivação vigilante da imprensa brasileira, não submetida a qualquer constrangimento governamental”, disse a presidente Dilma ao discursar, nesta terça-feira, durante a cerimônia de lançamento da “Parceria para Governo Aberto”, projeto de iniciativa dos governos norte-americano e brasileiro que tem como objetivo a transparência orçamentária e direito a acesso a informações públicas. A presidente também destacou que o Governo utiliza a Internet para divulgar informações sobre gastos públicos. “O nosso Portal da Transparência é hoje símbolo dos avanços na relação do governo com a cidadania. Por seu intermédio divulgamos na internet diariamente todos os dados do governo”;

Quando retornar ao Brasil, espera-se a Dilma Rousseff explique como tudo o que disse diante de Barack Obama e representantes de mais 45 países poderá ser levado em conta quando ela depende de José Sarney para indicar ministro e seu substituto quando o antigo titular é flagrado 'metendo a mão na cumbuca' do dinheiro público. Ou ela é mágica ou então está mesmo disposta a promover uma imediata 'faxina' em sua administração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário