Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

17 de agosto de 2011

Mais uma vez o Governo do PT despreza os aposentados

De Lula até Dilma, uma 'banana' para os aposentados
Os mesmos parlamentares que se deram aumento de mais de 64% a 130% em seus próprios subsídios certamente, em considerável maioria, vão acatar o veto da presidente Dilma Rousseff ao aumento real em 2012 para os aposentados que ganham acima do salário mínimo. O Governo justifica a medida como sendo necessária á economia do País, deixando de lado o fato de que os aposentados são descontados por longos anos para que o INSS lhes garanta um futuro tranquilo e digno, principalmente para que possam cuidar de sua saúde, naturalmente debilitada pelo avanço da idade. Os 'velhinhos' acabam sendo prejudicados pela má administração e também indiretamente responsabilizados pelos roubos que ocorrem na administração. Reduzir ministérios? Nem pensar! Ao contrário, Dilma já fala em criar mais um destinado a cuidar das micro e pequenas empresas, ou seja, mais um foco de despesas;

De acordo com o site 'Tribuna da Internet', foi uma surpresa a presidente Dilma ter vetado o artigo que assegurava recursos orçamentários necessários ao atendimento da política de ganhos reais para as aposentadorias e pensões acima do salário mínimo, que era um compromisso do próprio PT. Segundo a 'Tribuna', a base aliada esperava que a presidente Dilma não vetasse a proposta, mas ela não quis aumentar gastos, estabelecendo arrocho nas despesas em 2012. A medida de Dilma Rousseff foi uma decepção para aposentados e pensionistas, pois há décadas que vêm sendo prejudicados por sucessivos governos e tinham esperanças de que o PT pudesse beneficiá-los, mas isso não está acontecendo;

Com a proliferação de notícias sobre desvios de dinheiro público, em alguns casos há uma reação e demissão do responsável, outros, são 'blindados' e a roubalheira é pelo menos temporariamente estancada. Falar em devolução do dinheiro desviado, ninguém se pronuncia. Quando o caso chega à Justiça, aí começa a andar a passos de tartaruga, devagar, quase parando, até cair no esquecimento, desaparecendo da mídia e, em muitos casos, chegando à prescrição e consequente 'deixa pra lá'. Os aposentados não podem fazer greve para receberem um reajuste que lhes é devido por lei. Houve um propondo uma 'greve', que é não morrerem, entupindo os hospitais públicos fazendo-os falir e acabando com o 'ganha pão' dos seus administradores desonestos;

Para esse Governo, não interessa se o infeliz aposentado trabalhou anos a fio e contribuiu para a Previdência Social, fazendo uma verdadeira poupança, esperando uma aposentadoria decente e recebendo o suficiente para pelo menos manter seu nível de vida de quando era trabalhador ativo, contribuindo de alguma forma para o desenvolvimento do País. Para aqueles que não trabalham, o Governo tem o Bolsa Família e outras 'bolsas', para as quais sempre há verbas e disponibilidade financeira para conceder aumento em busca de votos como compensação. É bom que não se esqueçam de que os aposentados agora deixados de lado representam milhões de votos, e mesmo não sendo obrigados por lei a votar, certamente poderão dar na urnas a resposta adequada a mais essa prova de desprezo de que mais uma vez estão sendo vítimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário