Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de agosto de 2010

Horário gratuito e debates vão decidir a eleição

Mesmo faltando apenas pouco mais de 50 dias para o primeiro turno da eleição, há quem admita que muita coisa pode acontecer e as posições hoje apontadas nas pesquisas de intenção de voto não estão livres de serem modificadas. Todavia, a maioria acha que o páreo está definido entre José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), com a decisão ficando para o segundo turno. O primeiro raciocínio é o de que a segunda rodada da eleição será provocada pela votação a ser obtida por Marina Silva (PV), apontada como terceira opção para o eleitorado. Muita gente aposta no horário gratuito no rádio e na TV como um divisor de águas para os eleitores definirem em quem vão votar;

Segundo o site Eleições 2010 - UOL, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quinta-feira o tempo de cada candidato à Presidência na propaganda eleitoral gratuita.  Dilma terá 10 minutos 38 segundos e 54 centésimos em cada um dos dois blocos de 25 minutos que serão veiculados em cadeia de rádio e televisão. Já o segundo maior tempo é de José Serra, que terá sete minutos, 18 segundos e 54 centésimos. Marina Silva terá um minuto, 23 segundos e 22 centésimos. Os candidatos menos situados nas pesquisas terão os seguintes tempo: Plínio Arruda Sampaio (PSOL) um minuto, um segundo e 94 centésimos. Os outros cinco, Rui Costa Pimenta (PCO), José Maria de Almeida (PSTU), José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Ivan Pinheiro (PCB) terão com 55 segundos e 56 centésimos cada um;

É bem verdade que a exposição dos candidatos será muito maior a partir do próximo dia 17 do que ocorrer atualmente. Houve um debate na TV Bandeirantes, num horário em que a TV Globo transmitia uma partida de futebol entre São e Inter de Porto Alegre. Na Band, o índice de audiência foi de 3%, enquanto na Globo o jogo atraiu  31% de espectadores. Mesmo assim, o debate ainda teve alguma repercussão, com o candidato do PSOL, Plínio Arruda Sampaio, parece ter sido o que mais chamou a atenção por suas intervenções cheias de humor. Hoje, já é um nome bastante conhecido pela divulgação de sua performance naquele encontro com os três mais cotados;

Os comentaristas e cientistas políticos em sua maioria acham que a propaganda gratuita pode ter alguma influência conforme a apresentação das "mercadorias" elaboradas pelos respectivos marqueteiros, mas para os mesmos, o que vai fazer com que o eleitor "eleja" em quem votar deverão ser mesmo os debates, pois apesar de algumas emissoras criarem regras que muitas vezes restringem os candidatos de se mostrarem aos eleitores com realmente são e o que têm como metas que dêem às pessoas confiança de que o Brasil deve ser entregue em suas mão, esses experts são de opinião de que o bate-boca entre eles na tela da TV é que serão decisivos:

Então, vamos aguardar os debates, porque naquele da Band e nas entrevistas festas esta semana pela TV Globo já deu para muita gente ver que há candidatos(as) que terão muita dificuldade em transmitir confiança ao eleitor, e aí, o resultado da eleição passa a ser realmente imprevisível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário