Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

25 de agosto de 2010

Gabeira mostra quem é a "democrata" Dilma



“Todos os ex-guerrilheiros dizem que estavam lutando pela democracia. Mas se você examinar o programa que tínhamos naquele momento, queríamos uma ditadura do proletariado". A declaração é de Fernando Gabeira (PV), candidato a governador do Rio de Janeiro ao participar da sabatina Folha/UOL realizada nesta quarta-feira, comentando a atuação de Dilma Rousseff (PT) em grupos armados durante a ditadura militar (1964-1985), que tem afirmado em seus programas no horário eleitoral obrigatório que sua participação visava a redemocratização do país. Gabeira acrescentou o à sua declaração: "Esse é um ponto de separação do passado. A luta armada não estava visando a democracia, ao menos não no seu programa";

Fernando Gabeira fez questão de não deixar nenhuma dúvida quando à sua atuação - e também a de Dilma - durante o período dos governos militares: "Você não pode voltar atrás, corrigir seu passado e dizer que estava lutando pela democracia. Havia muita gente lutando pela democracia no Brasil, mas não os grupos armados, que tinham como programa esse processo de chegar à ditadura do proletariado";

A verdade é que Fernando Gabeira tem credibilidade quanto ao que diz, pois foi, juntamente com a candidata de Lula, um ativista nessa chamada "luta contra a ditadura", não concordando com a figura de democrata que Dilma Rousseff vem tentando demonstrar na sua propaganda oficial. Se eleita, certamente poderá ser aquela para quem os princípios da Democracia não sejam os que aparenta, mas sim aqueles  do seu programa de governo que tão rapidamente anexou juntamente com o pedido do registro de sua candidatura à Justiça Eleitoral, "rubricando sem ler", e rapidamente trocado após o grito daqueles que diferentemente dela são autênticos democratas.

2 comentários:

  1. Fernando Gabeira é político como os outros, mas com uma diferença mortal: ele é sincero!

    O que ele afirma sobre Dilma Rousseff é aquilo que a maioria do eleitorado brasileira, desgraçadamente ignorante, cegae sem cultura não vê. E todos nós pagaremos por isso!

    Bela, importante e significativa postagem!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Seu Airton e a coisa será bem pior do que imaginávamos, se o novo PNDH-3 for aprovado e sancionado. É a nova Ordem mundial chegando com a Dilma e PT, querem restringuir a liberdade de TODO jeito (religiosa, de propriedade, etc.) Vamos denunciar!

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário