Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

27 de junho de 2009

Propostas para Reforma Política

Transcrevo aqui umas ideias e comentários de autor não identificado para uma Reforma Política a ser feita no Brasil:

1 - Proibição do voto secreto parlamentar.
  • Quem não tem coragem de dizer o que pensa não pode representar o povo;

2 - Exigência de conclusão de segundo grau para candidatos a cargos eletivos.
  • Não vejo como um problema as pessoas que disputam cargos eletivos estudarem;

3 - Congresso unicameral com o fim do Senado.
  • O Senado não representa o povo, mas sim as oligarquias dos estados, pois cada estado tem o mesmo número de senadores;

4 - Instituição do voto distrital na Câmara dos Deputados.
  • Assim sendo, as campanhas seriam bem mais baratas com estados divididos em distritos e feitas a exemplo de muitos candidatos com doações de eleitores simpatizantes, o atual presidente americano foi eleito dessa forma:

5 - Fim da verba partidária, da verba indenizatória e de doações de empresas, empreiteiras, bancos, aos partidos e aos políticos.
  • Tudo isso só presta para desviar dinheiro ao caixa dois e do velho fisiologismo político do toma lá da cá, é dando que se recebe e muitos se candidatam para receber as doações para depois contemplar os doadores;

6 - Proibição de Centros de Assistencialismo.
  • Isso é um assinte, um clientelismo barato, a maioria dos serviços de saúde, educação e tantos outros que deveriam ser oferecidos pelo Estado, são ofertados como barganha em troca de votos em todo o Brasil, isso é mais um crime eleitoral que conta com a conivência de magistrados macomunados que fazem vistas grossas a essa prática de compra de votos.

7 - Multa de 1.000% dos valores desviados por políticos e funcionários públicos.
  • Imaginem que um bando de dissimulados recebeu um auxílio moradia sem que tivessem direito, quando são flagrados desviando o erário dizem que nada sabem e que vão devolver o valor do butim a prazo, sem multa nem correção;

8 - O voto tem que continuar sendo obrigatório.
  • Se o voto for facultativo a classe média mais favorecida iria viajar e os dependentes do assistencialismo e da fé dos falsos profetas iriam dominar mais ainda o cenário político nacional;

9 - Lista de papel nas urnas eletrônicas.
  • Todos sabem que não da pra confiar na informática por “n” motivos; essa lista deve ser impressa ao lado da urna para cada eleitor comprovar seu voto. O voto continua secreto, pois a lista fica junto com a urna;

10 - Candidatos a cargos políticos só com ficha limpa.
  • Sem comentários, por ser óbvio.


Não concordamos com todas as propostas, mas todas deveriam ser analisadas e discutidas. O problema está no fato de que para haver uma reforma dependemos exatamente dos votos daqueles que são os mais interessados em que nada mude no sistema atual, que sempre os beneficia: deputados e senadores.

Um comentário:

  1. Tenho mais algumas sugestões. Não concordo com o fim do senado uma vez que somos uma federação, mas acho que devemos instituir um regime Parlamentarista. Caso o parlamento ou o primeiro ministro não estiver desempenhando o mandato a contento, o congresso é dissolvido e novas eleições são convocadas.

    Deveria haver também o recal, segundo o qual o distrito poderia realizar uma eleição para destituir o deputado regional e elger outro caso seu desempenho também não esteja de acordo com a vontade dos eleitores.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário