Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

26 de março de 2017

Ao comparar sua 'honestidade' com a de Moro, Lula mostra que quer ser humorista

Como existe grande possibilidade de o ex-presidente Lula não poder mais continuar sua carreira política, pois qualquer punição que receba por conta da Operação Lava-Jato provocará sua inelegibilidade por oito anos, ele já está praticando para exercer uma outra. Tudo indica que Lula pretende ser humorista. É o que se deduz com base em sua mais recente piada: "Nem o Moro, nem o Dallagnol, nem nenhum deles têm a honestidade e a lisura que eu tenho nos meus 70 anos de vida". Só mesmo rindo. Então aqueles processos nos quais Lula é réu não existem? Toda roubalheira que ele patrocinou revelada desde o julgamento do "Mensalão do PT" e as reveladas pela equipe pela equipe de procuradores do Ministério Público Federal (MPF) e comandada  pelo juiz Sérgio Moro. O enriquecimento dos filhos dele e de outros parentes é tudo fruto de trabalho honesto? Lula quer que acreditemos que nada disso existe. Só os seus fanáticos seguidores acreditam nele;

É incrível como ele procura negar a realidade. Isso é caso de psiquiatria. Lula está demonstrando ser um psicopata. E prior é que ele pode estar atacado de um processo de mitomania, quando o indivíduo mente e acredita que sua mentira seja uma verdade. Isso é uma coisa perigosa porque pode afetar uma grande massa de alienados com aplaudem qualquer sandice que o ex-presidente diga. Como não é a primeira vez que Lula se autointitula com o brasileiro mais honesto do país, é possível que ele esteja aplicando a teoria e estratégia de Joseph Goebbels, chefe da propaganda do nazismo de Hitler dizendo que uma mentira repetida mil vezes acaba se tornando uma verdade. Então, como de um modo geral os eleitores brasileiros votam de qualquer jeito, há o risco da volta de Lula e toda sua turma. Temos que lutar contra isso. Que ele continue com suas piadas, mesmo que elas sejam, como esta última, muito sem graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário