Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

4 de março de 2017

Acredita que alguém deposite US$ 800 mil na sua conta sem que você saiba?

Pelo visto, os brasileiros serão obrigados a colocar no rosto um nariz de palhaço. Deve ser o que acha o ex-deputado Henrique Alves, que um dia foi presidente da Câmara e ministro de Estado, ao confessar que abriu uma conta secreta secreta na Suíça, através de um escritório no Uruguai. Até aí, nada demais, porque qualquer pessoa pode ter uma conta bancária no Brasil ou no exterior. O que não pode é ele achar que os brasileiros são bobos e declarar à imprensa, na maior cara-de-pau, que não sabe explicar como nada menos que US$ 800 mil - é isso mesmo, 800 mil dólares - apareceram naquela conta, e nem quem foi que a movimentou. Será que acabou a credibilidade dos bancos suíços, razão principal de terem se tornado no maior refúgio do dinheiro de ricaços legais ou não do mundo inteiro? Conta outra, Henrique Alves, porque você deve estar sendo atacado por um espírito de humorista. Para piorar a palhaçada, os advogados de defesa do ex-parlamentar confirmam essa história de que alguém surrupiou a grana de seu ilustre cliente. Não é possível que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vá deixar isso passar em branco sem punir o que é, na melhor das hipóteses, um deboche;

Na condição de servidor aposentado do Estado do Rio de Janeiro, consequentemente vítima dos atrasos no pagamento de salários "patrocinado" por Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, declaro que se aparecer na minha conta bancária com saldo negativo um depósito estranho de US$ 8 imediatamente vou querer saber quem foi. Se não for para devolver o que não me pertence, será para agradecer a ajuda dada pelo doador em tão boa hora. Ao final dessa peça cômica, não pode é Henrique Alves cantar para os cidadãos brasileiros aquela antiga marchinha que dizia: "Cara de palhaço, pinta de palhaço", lançada em 1961 pelo cantor Miltinho. Parecendo a mesma mentira que provocou a perda do mandato do ex-deputado Eduardo Cunha, nosso ilustre político humorista disse que não movimenta a conta da Suíça, da qual é apenas o "beneficiário". Quanto a nós, ele acha que somos "otários"? Fala sério!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário