Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de novembro de 2015

Taxistas tumultuam o Rio e prefeito não pune ninguém

  • Pode parecer incrível, mas é verdade. O líder dos protestos dos taxistas do Rio de Janeiro contra o aplicativo Uber não tem autonomia e é cadastrado na Prefeitura da capital fluminense com licença de motorista auxiliar. Trata-se de André de Oliveira, conhecido como 'André do Táxi'. A manifestação de ontem foi a quarta realizada somente este ano. Foram fechadas pistas dos túneis Rebouças e Santa Bárbara, da Autoestrada Lagoa-Barra, da Praça da Bandeira e de diversas outras ruas de tráfego bastante intenso. O líder dos taxistas concorreu a deputado federal pelo partido Solidariedade, mas a Justiça Eleitoral não concedeu o registro da candidatura, enquadrando-o em diversos crimes;
  • O homem é mesmo um fenômeno. Sem ser taxista, ele preside a Associação de Assistência aos Motoristas de Táxis do Brasil. Várias pessoas se manifestaram aborrecidas com os contratempos que tiveram ao longo do dia. Muita gente teve até prejuízo financeiro, outros perderam consultas e alguns estudantes perderam provas, Nas a Prefeitura do Rio de Janeiro não vai punir ninguém, apesar dos bloqueios de ruas. Por puro interesse político, o prefeito Eduardo Paes afirmou que a cidade não teve nenhum problema e, por isso, não há por quê puni-los. Em troca, os taxistas darão apoio ao candidato dele à sua sucessão, o secretário executivo de Coordenação de Governo. Pedro Paulo, que anda todo enrolado na Lei Maria da Penha por ter dado umas 'bolachas' na ex-mulher;
  • Eduardo Paes chegou a sancionar uma lei proibindo a utilização do aplicativo Uber, mas a Justiça cancelou a lei. Ironicamente, muita gente, por causa da ausência de táxis, se utilizou de quais serviços? Do Uber. Para comprovar o jogo de interesses, a vereadora Vera Lins, do PP, apresentou projeto punindo os usuários e até multar quem utilizar o serviço. Não por coincidência, a vereadora é mulher do deputado estadual Dionísio Lins (PP), que tem como sua base eleitoral os taxistas. Num protesto em junho, Dionísio emprestou um caminhão de som para um protesto no Aterro do Flamengo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário