Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

23 de novembro de 2015

Palavra de Edinho Silva é mais um deboche do PT com o povo

  • O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, disse que o PT tem autonomia para definir sua posição sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que é alvo de processo no Conselho de Ética por suposta quebra de decoro parlamentar. “O governo da presidenta Dilma Rousseff é um governo formado pelo PT e outros partidos que formam uma coalizão. O PT tem total autonomia de construção das suas posições dentro do Legislativo”, afirmou Edinho Silva. Será que  hoje. O ministro ressaltou que a sessão do Conselho de Ética que vai analisar o parecer sobre Eduardo Cunha é assunto interno do Legislativo, e disse: “Os assuntos internos do Legislativo não são assuntos do governo. Penso que vamos continuar dialogando para que a gente possa criar uma agenda de interesse do Brasil, que, neste momento, é a agenda de retomada do crescimento econômico”;
  • Segundo Edinho Silva, o tema central da reunião da coordenação política desta segunda foi a pauta de votações do Congresso Nacional para esta semana. Ele salientou que a prioridade do governo é aprovar o ajuste. “Nossa prioridade, neste momento, é que possamos aprovar as medidas necessárias para que a gente estabeleça o reequilíbrio fiscal, crise as bases para a economia retomar o crescimento. A nossa prioridade, então, é, dialogando com o Congresso, aprovar as medidas fundamentais para o equilíbrio fiscal”, concluiu. O cinismo continua sendo a forma de o Governo querer mostrar interdependência entre os Poderes da República, Pensam que ninguém se lembra mais da 'raivinha' de Lula contra o ministro da Justiça por não impedir que a Polícia Federal (PF) investigasse sua família e a ele próprio, além das manobras dos deputados do PT para esvaziar a reunião do Conselho de Ética da Câmara onde Eduardo Cunha está com sua 'batata assando'.

Um comentário:

Não saia do Blog sem deixar seu comentário