Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

21 de julho de 2011

Dilma não pode parar com 'faxina' no Ministério dos Transportes

No rastro do verdadeiro vendaval que está assolando o Ministério dos Transportes, com a demissão de cerca de 20 integrantes, há algo que precisa ser analisado. Parece que os dirigentes do Partido da República (PR) não têm noção do que andaram fazendo nos últimos oito anos e meio naquela pasta e nos órgãos dos escalões inferiores. A verdadeira chantagem que andam fazendo com a presidente Dilma Rousseff é nada menos que uma demonstração explícita de muita 'cara de pau'. Parece quererem dar a entender que o Ministério do Transportes pertence ao partido e que a Chefe da Nação não pode entregá-lo a quem ele bem entenda que deve ser seu titular;

A faxina que está sendo feita, se tiver continuidade com a mudança de nomes e de atitudes, certamente fará com que Dilma receba apoio de considerável parte da sociedade, que ficará do seu lado e exigirá do Congresso Nacional que vote não por retaliação por interesses que venham a ser feridos, exigindo também que votem a favor dos interesses do povo. Uma dúvida que ainda permanece está na continuidade do ministro Paulo Passos, que sempre foi uma figura das mais importantes no Ministério e que certamente participou de muita coisa e não há como não ter tido conhecimento das falcatruas que a turma do PR vinha praticando ao longo do tempo, sabendo-se que ele chegou a ser titular da pasta na era de Lula, que exigiu de Dilma sua continuação como principal auxiliar do ex-ministro Alfredo Nascimento;

Na realidade, Dilma Rousseff certamente está tendo sérias dificuldades para sair dessa enroscada, pois as demissões a que está sendo forçada certamente contrariam seu criador e também criador dessa verdadeira patota. Se a presidente continuar fazendo limpeza não só no Ministério dos Transportes, mas também em todo seu ministério, é certo que o povo brasileiro vai dar a ela altos índices de popularidade, pois a população não está mais inerte diante de tanta maracutaia em todos as esferas da administração pública. Se Dilma continuar nessa jornada, vai até deixar sem discurso a própria oposição, mas aborrecendo Lula, uma vez que ela passaria a ser favorita à reeleição em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário