Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

30 de julho de 2011

A Copa de 2014 pode enriquecer muita gente

'Itaquerão' fica mais caro que o Morumbi
Qual seria o motivo para haver praticamente em caráter definitivo um veto à utilização do Estádio do Morumbi? E por que São Paulo definiu o estádio do Corinthians, o "Itaquerão", para a Copa do Mundo de 2014? Nota-se que houve uma forte interferência do então presidente Lula, ilustre torcedor do 'Timão' na escolha do futuro estádio. O clube está construindo uma arena para 48 mil pessoas ao custo de R$ 335 milhões e não se compromete a ampliar o estádio para público de 65 mil. São Paulo concorre à abertura da Copa, mas é a única sede indefinida. A obra do 'Itaquerão' teve início em 30 de maio. Após o veto da Fifa ao estádio do Morumbi, a arena do Corinthians se tornou a opção de São Paulo para 2014. O custo do 'Itaquerão' está orçado em R$ 820 milhões e mais R$ 70 milhões para arquibancadas provisórias;

Sabe-se, no entanto, que o custo do estádio que o Corinthians pretende erguer em Itaquera para a abertura da Copa pode bater a casa de R$ 1 bilhão, caso todas as exigências da Fifa sejam atendidas.O Corinthians e sua parceira na obra, a Odebrecht, estavam preparados para gastar até R$ 700 milhões com a construção do estádio. O Governo do Estado de São Paulo já resolveu entrar com R$ 70 milhões para aumentar o número de vagas nas arquibancadas. Acontece que o veto ao Morumbi é de ordem política, pois todas as exigências para uma reforma serão pagos ou viabilizados através de parcerias feitas pelo São Paulo. O que depende do poder público é a revitalização da Praça Roberto Gomes Pedrosa, com a criação de um estacionamento para 1.650 carros em três andares, sem alterar as vias públicas que já existem hoje. O custo total seria de R$ 130 milhões;

Várias etapas da reforma do Morumbi já foram cumpridas, como a instalação de 17 mil novos assentos, com a capacidade do estádio, após dezembro de 2013, sendo de 70 mil, o suficiente para receber até a abertura da Copa pelas regras da Fifa. Dirigentes do São Paulo, no entanto, já não mostram tanta confiança, acreditando que o estádio do Corinthians vai acontecer porque já houve diversas demonstrações de boa vontade da Prefeitura e do Governo do Estado. Além disso, existe uma briga política entre a CBF e o São Paulo, o que torna quase impossível o Morumbi voltar a ser cogitado. De qualquer forma, 'tem algum caroço debaixo desse angu', pois se sabe que os custos das reformas do Morumbi estão muito aquém daquilo que será gasto no 'Itaquerão', atendendo a uma preferência de Lula. Aí tem... É muito estranho, mas estamos no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário