Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de outubro de 2016

Se o PT é contra a aprovação da PEC 241 é sinal de que ela é boa

  • Foram, como sempre, totalmente incoerentes as justificativas de deputados do PT e de partidos aliados durante a votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 241, que limita os gastos públicos. Parece que não têm a mínima noção da situação econômica do Brasil, causada pelos governos petistas de Lula e Dilma Rousseff, para que achem não ser necessário controlar os gastos. Algumas vezes, aos berros, tentaram impedir a votação. Até recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para isso, mas foram derrotados com a negativa à liminar que solicitaram. Ou são muito cínicos ou não entenderam o recado das urnas nas eleições do último dia 2 para prefeitos e vereadores, quando o povo disse que não dá mais ouvidos ao PT. O eleitorado avisou que eles precisam fazer uma reciclagem para apagar a imagem de enganadores do povo e de políticos que detestam o Brasil. O conceito da maioria da população é que se é ruim para o PT & Cia. é porque é bom para o país. Eram necessários 308 votos para a Câmara dos Deputados aprovar a PEC, mas foram alcançados 366, um a menos do que os que determinaram a acabaram provocando a cassação do mandato da ex-presidente Dilma;
  • Os argumentos sobre perdas de direitos dos trabalhadores, falência irreversível dos setores de Saúde e Educação e outros serviços não prevalecem. O presidente Michel Temer foi bem claro ao afirmar, por exemplo, que se não acontecer uma reforma na Previdência dentro de dez anos não haverá dinheiro para pagamento das aposentadorias, a "coerência" do PT é histórica. Vale lembrar que os constituintes petistas de 1988 num primeiro momento se negaram a assinar a "Constituição Cidadã", ficaram contra o Plano Real em 1994 e contra a Lei de Responsabilidade Fiscal em 2000 e continuam contra ela porque não permite as  "pedaladas fiscais" que levaram o Dilma Rousseff à perda do mandato. Enfim, as reformas que o Governo está encaminhando têm de ser consideradas como medidas que poderão colocar o país outra em ritmo de crescimento. O PT deve de uma vez por todas parar de falar em golpe contra o povo e em diminuição de direitos e de sucateamento de serviços públicos. Quanto ao Governo, cabe explicar ao povo com clareza a necessidade da aprovação das medidas, pois com certeza ao entender os motivos passarão a apoiá-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário