Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

26 de outubro de 2016

Renan Calheiros, lembrar da ditadura militar não te ajuda em nada

Houve um grande exagero na contestação do senador Renan Calheiros, quando declarou que nem na ditadura haveria uma ação da Polícia Federal (PF) - legítima, por sinal - ao promover a condução coercitiva de integrantes da Polícia Legislativa e de busca e apreensão de documentos e equipamentos que depois de analisados poderão complicar a vida do presidente do Senado Federal e de outros parlamentares daquela Casa Legislativa. O senador alagoano parece que esqueceu como as coisas aconteciam no tempo dos governos militares quando algum parlamentar contestava até de modo mais brando os atos dos generais. Seus mandatos eram cassados e ficavam inelegíveis por dez anos, alguns desapareciam, com o deputado Rubens Paiva, que até hoje não teve seu corpo encontrado, e outros mofavam nas nada confortáveis celas onde eram trancafiados;

Alguém precisa dizer a Renan Calheiros no tempo da ditadura militar o atual Congresso Nacional cheio de corruptos já estaria fechado ou, se ainda estivesse em funcionamento estaria povoado de suplentes no exercício do mandato. É melhor que ele baixe o volume de seus protestos e nem pense em tentar aprovar o projeto que trata do que chamam de abuso de autoridade, cujo objetivo principal é proteger os colegas que na Câmara dos Deputados e no Senado estão enrolados na Operação Lava-Jato, que, se aprovado, aumentará o repúdio do eleitorado contra a qualidade dos políticos atuais. Em 2018, podem ter certeza e que o percentual de votos nulos, em branco e abstenções será maior que os 41% já observado nas eleições municipais do dia 2 deste mês. E não está descartada a hipótese de o povo sair às ruas e até se postar em frente ao Congresso para protestar contra a aprovação daquele famigerado projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário