Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

19 de junho de 2013

Ministro de Dilma não entende o motivo das manifestações? Saiba então, ministro!

  • O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, afirmou nesta terça-feira que busca compreender os protestos organizados pelo país na segunda e que, no momento, ainda não tem uma resposta. "De fato, está difícil entender. Nós somos acostumados com mobilização com carro de som, com organização, com gente com quem negociar e liderança com quem negociar e poder fazer um tipo de acordo. Agora eles mesmos dizem 'nós não temos uma liderança, são múltiplas lideranças, nós não temos carro de som'. Não tem um comando, um comando único, e, portanto se  torna extremamente complexo o processo de compreensão, de entendimento, da multiplicidade das manifestações internas", afirmou o ministro, que é uma espécie de porta-voz do ex-presidente Lula, que praticamente o impôs no cargo, sendo, portanto, um dos principais interlocutores da presidente Dilma;
  • Causa espanto que um membro tão importante e influente do Governo faça uma declaração com esse teor. A memória dele precisa ser ativada. Gilberto Carvalho não pode deixar de saber que as manifestações têm a ver com as despesas financiadas com dinheiro público para a construção de estádios desnecessários para a Copa de 2014; gastos públicos exagerados; os altos salários nos três poderes; educação pública e privada sem qualidade; sistema de saúde altamente precário, violência cada vez mais crescente por falta de segurança. Além disso, ministro, os inexplicáveis perdões de dívidas a países africanos e ainda os estranhos e elevados empréstimos secretos a Cuba e Angola. Estes são alguns dos motivos para os protestos que estão acontecendo diariamente em todo o Brasil e que continuam se espalhando;
  • Existem muitos fatores que explicam ao ministro Gilberto Carvalho porque o povo – os jovens principalmente – está protestando, que são promovidos por políticos, muitos deles com o aval do Palácio do Planalto ou por omissão conveniente do Governo, como é o caso do projeto que cria mais municípios e, por extensão, mais gastos públicos; o alto custo de vida desmentindo os índices oficiais de inflação e conseqüente alta do custo de vida; e também os transportes públicos de péssima qualidade e com constantes aumentos de passagens concedidos pelos governos. Não esqueça também, ministro, de que seu Governo patrocinou as eleições de Renan Calheiros e Henrique Alves para presidirem o Senado e a Câmara e ainda indicou dois mensaleiros condenados à prisão para a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Câmara. Com os altos índices de impostos e sem retorno, o povo tem mesmo que protestar, ministro;
  • Por fim, aparece a presidente Dilma afirmando que seu governo está ouvindo as vozes dos protestos. E teve como resposta de Gustavo Castro no site de relacionamento ‘Google+’: “Só ouvir não basta, presidente. Tem que ter ação, colocar os presos condenados na cadeia, baixar impostos da cesta básica, prender empreiteiros que não entregam obras ou as fazem com material de segunda, investir em infraestrutura, cobrar produtividade deste Congresso, investir pesado em educação. Quando começar a fazer esse tipo de coisa, saberemos que nos ouviu”.

2 comentários:

  1. Acreditar em pesquizas no Brasil e' ser infantil demais,,,Ibope ??? IBGE ??? tudo montado,,,,sempre foi assim, e agora com um grupo terrorista no poder,,,,Venho dizendo por mais de 1.000 anos que se nao pressionarmos as Forcas Desarmadas,,,tudo e' em vao. Esse caos e esses tumultos em que o Brasil entrou, partem dos comunistas. Os idiotas de plantao nao sabem o grau de mali'cia e perversidade que domina a mente comunista. A coisa e' o'bvia demais. Se o Brasil tivesse um grupo de direita, com esse ni'vel de organizacao e auda'cia,,,Lula nao teria terminado o primeiro mandato. E' preciso saber muito para se ter certeza que essa agitacao nao e' de direita ????????? Mais adiante virá a tal proposta de reforma política do PT que prevê uma Assembléia Nacional Constituinte exclusiva (dominada apelos movimento sociais como o Passe Livre) para detonar a Constituição de 1988 criando mecanismos denominados de "democracia líquida" ou seja, direta. O Senado será fechado e criada uma Assembléia Nacional, como na Venezuela e em Cuba, uma "Assembléia do Povo", dominada pela vagabundagem comunista onde os incendiários de hoje decidirão amanhã os destinos do Brasil. Essa e' a verdade ! essa e' a intencao. E e' isso que vai acontecer,,,,,E' INEVITA'VEL. Nao temos movimentos, nem militantes de direita com essa organizacao toda e em va'rios estados da federacao, mas os comunistas tem. So' nos resta duas solucoes,,,,AINDA,,,,UMA ,,,Pressionar as Forcas Armadas para cumprirem sua obrigacao, DUAS,,,rezar.

    ResponderExcluir
  2. https://medium.com/primavera-brasileira/dfa6bc73bd8a

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário