Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

8 de junho de 2013

Será que o ministro Lewandowski vai condenar Marta Suplicy?

  • Será que alguém tem alguma dúvida sobre o que vai acontecer? A notícia que está no site da UOL (Leia aqui) dá conta de que a Ação Penal (AP) nº 648 avançou no Supremo Tribunal Federal (STF) em março para a conclusão, após oitivas com depoimentos, e que está nas mãos do ministro Ricardo Lewandowski o futuro político da ministra da Cultura, Marta Suplicy . Ela é ré em AP originária do Ministério Público em São Paulo, segundo a qual, na quando era prefeita, Marta contratou em 2003, sem licitação, uma ONG fundada por ela em 1987, o Grupo de Trabalho e Pesquisa de Orientação Sexual (GTPOS), para prestar serviços de ‘capacitação e orientação’ para servidores, ao custo de R$ 1.623.481,19. Meses depois, também sem licitação, houve adicional de R$ 2.029.357,45 para estender o “programa” aos Centros de Educação Infantil (CEIs). De acordo com o MP, a ONG ainda comercializou o ‘material didático’;
  • A AP 648 chegou ao STF em novembro de 2011, depois que Marta se elegeu senadora. Os procuradores ficaram curiosos não só com o destino dos valores, mas principalmente sobre como a ONG trabalhou em ‘palestras e seminários para orientação sexual’ para crianças do CEI, conforme aditivo. E não era a primeira vez que a tal ONG já prestara serviços à prefeitura paulistana por intermédio de Marta, que já emplacara a mesma GTPOS na gestão de Luiza Erundina na Prefeitura, antes de ser eleita prefeita pelo PT. O contrato, no entanto, foi desfeito nas gestões seguidas de Paulo Maluf e Celso Pita. Pelo que se vê, Marta Suplicy só jogava para ganhar. Segundo a informação da UOL, a advogada de Marta afirma que o caso ‘nasceu de contexto absurdo e leviano de exploração política’, e que ‘confia na Justiça’. Os advogados do GTPOS preferiram não se manifestar;
  • O importante no meio de tudo isso é a sorte de Marta, pois pelo comportamento do ministro Lewandowski observado durante o julgamento do 'Mensalão do PT', quando ele não teve nenhuma vergonha de procurar aliviar as penas dos petistas o quanto pôde, dá para se ter uma ideia de que a ministra da Cultura pode continuar dormindo tranquila, ainda mais com um STF que tem entre seus 11 membros nada menos que oito que podem ser considerados como autênticos 'petistas'.

Um comentário:

  1. Investigar esses canalhas e divulgar os podres nunca deixou de ser uma boa ide'ia. Mesmo que seja assuntos da vida particular deles, deve-se investigar e divulgar, pois bandido se combate com bandidagem. O PT faz isso. Muitos que iam divulgar alguns podres de Lula, Dilma, Dircel e esse trem da alegria, nao o fizeram porque o PT tinha um dossie contra eles,,,e' assim que os bandidos agem. Que bom se viessem a tona os podres da Dilma,,,,,ia feder pra caralho. Principalmente o que ela fazia quando fugia e se intocava no mato com os cumpanheiros e cumpanheiras,,,e eram muitos. O que sei nao posso divulgar pois foi me contado em conversa sem gravacao.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário