Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

15 de outubro de 2009

Restituição do IR de Lula aborta confisco

Após a notícia publicada no site do jornalista Claudio Humberto informando que Lula havia recebido sua restituição do Imposto de Renda, o Governo recua e vai pagar até o final do ano, ao contrário do que o ministro Guido Mantega, da Fazenda havia anunciado e que Lula havia apoiado, justificando que o contribuinte receberia no ano que vem a restituição, porém corrigida pela Taxa Selic, tornando-se numa poupança. A notícia de Cláudio Humberto hoje está assim:


O ministro Guido Mantega (Fazenda) anunciou nesta quarta-feira a decisão do governo de recuar na decisão de pagar somente em 2010 a restituição de imposto de renda de cerca de 2 milhões de brasileiros. O recuo do governo ocorreu diante da repercussão negativa da notícia, revelada nesta coluna nesta terça (13), em primeira mão, de que o presidente Lula foi um dos primeiros a receber sua restituição. Ele estava no Lote 1 de restituição, que foi paga em 15 de junho passado. Com o recuo, ordenado por Lula durante sua visita às obras de transposição do rio São Francisco, Mantega se livra também da obrigação de comparecer ao Senado para explicar o calote. O governo alegou não haver dinheiro para fazer o pagamento, tendo em vista uma queda acentuada na arrecadação.


Como um bajulador de Lula na Receita Federal resolveu fazer um agrado ao "chefe" fazendo a restituição do IR de Lula no primeiro lote, o "empréstimo compulsório" teve que ser cancelado. Com isso, o Governo vai ter que encontrar outras fontes de recursos para cobrir seus gastos exagerados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário