Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

2 de outubro de 2009

ENEM: A Educação perde medalha.

No momento em que o Brasil ganha uma batalha que lhe dá renome internacional, com altos méritos para Lula e seu Governo, que é a escolha do Rio de Janeiro para sede dos Jogos Olimpicos de 2016, um fato acontece que tem caracteristicas de gol contra, salto errado, afogamento em piscina ou queda em pista de corrida. Trata-se da fraude descoberta com o vazamento da prova do Enem, que deixou na estrada mais de 4 milhões de estudantes;

Ao anunciar que em 45 dias uma nova será aplicada, o ministro da Educação, Fernando Haddad, recomendou que os estudantes aproveitassem para estudar mais um pouco. Se o recado for aceito pelos que não estavam preparados, é mais um mês e meio para estudem e se aumentem o número de concorrentes para aqueles que já estavam aptos a lutarem para as vagas oferecidas;

É bom lembrar que os vestibulares de grandes universidades foram cancelados para que o Enem, com prova unificada em todo o país servisse para o preenchimento das vagas. Quando faltam dois dias para as provas, descobre-se que houve frande e cnsequente vazamento das questeos e respectivo gabarito delas. O pior de tudo é que a empresa encarragada da impressão das provas já tem histórico semelhante, ficando no ar uma dúvida quanto à sua contratação apesar disso;

A notícia está na UOL:

MEC faz reunião para discutir vazamento da prova do Enem


Representantes do Ministério da Educação (MEC), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e do consórcio responsável por todas as etapas de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) - cuja empresa líder é a Consultec, da Bahia - estão reunidos na manhã de hoje no Inep. Os objetivos da reunião são tentar mapear onde pode ter ocorrido o vazamento da prova, estudar a melhor data para a aplicação dos testes em novembro e definir as próximas medidas a serem adotadas.


Agora, o Ministério da Educação anuncia que vai apurar o que houve. Nada demais. É o que tem que ser feito. Tal fato não pode se repetir. Ruim é que tenha ocorrido num grande momento do conceito internacional do Brasil, exatamente num setor dos mais importantes do País e muito carente: a Educação. O que aconteceu foi uma autêntica perda de medalha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário