Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de abril de 2017

Dois Sérgios estão presos por roubarem dinheiro destinado a cirurgias ortopédicas

Como se não bastasse um Sérgio assaltando os cofres públicos do Estado Rio de Janeiro, eis que tomamos conhecimento de que outro Sérgio também roubou dinheiro do agora falido estado fluminense. Mas a ironia está no fato de que o ex-governador Sérgio Cabral quando foi eleito pela primeira vez para o cargo deu total destaque à nomeação de seu xará Sérgio Cortês para o cargo de secretário estadual de Saúde, dando-lhe posse à frente dos demais integrantes de seu estafe. Agora, tomamos conhecimento através da Operação Fatura Exposta (como são criativos os que dão nome às operações) que os dois xarás foram cúmplices assaltando o dinheiro destinado principalmente ao Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO), impedindo ao longo dos anos que milhares de pessoas ficassem longas horas ao relento numa fila em busca de uma cirurgia de emergência que muitissimamente vezes era adiadas por falta de material, com o agravante de terem sido adquiridos com preços superfaturados e entregues em quantidade menor que as encomendadas, mas dadas como recebidas, além de serem comprados em empresas ligadas ao secretário ou fantasmas. Não por coincidência, mas os dois são vizinhos em apartamentos no bairro de Leblon, área nobre do Rio, e em condomínio de luxo em Mangaratiba. Agora continuam vizinhos, porém numa penitenciária de Bangu. Só para lembrar: Sérgio Cortês foi um dos participantes da famosa “Dança dos Guardanapos” num restaurante de luxo em Paris. E mais. Quem rouba dinheiro da Saúde comete genocídio coletivo, e esse crime tem de ser convertido em punição rigorosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário