Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

31 de julho de 2016

Rodrigo Maia lança Temer para 2018, e ele diz que não quer saber disso

O presidente Michel Temer comunicou hoje, por meio de nota oficial, que não pretende disputar a eleição presidencial de 2018. A nota de Temer foi expedida  depois de entrevista dada pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao jornal "O Estado de S.Paulo", também neste domingo. “Fico honrado com a lembrança de meu nome como possível candidato em 2018. Mas reitero, uma vez mais, que apenas me cabe cumprir o dever constitucional de completar o mandato presidencial, se o Senado Federal assim o decidir. Não cogito disputar a reeleição”, disse Temer no fim da manhã de hoje;

Rodrigo Maia afirmou que se Temer for confirmado como presidente, após a etapa do impeachment de Dilma Rousseff, e seu governo chegar à reta final com 50% de avaliação entre bom e ótimo, "Ele é que será o candidato do nosso campo, quer queira, quer não", afirmou Maia. No comando da Câmara há menos de um mês, após a renúncia de Eduardo Cunha à Presidência da Casa, o deputado fluminense se antecipou ao possível descontentamento de Temer com as declarações: "Eu sei que ele vai brigar comigo por estar dizendo isso, mas, olhando o cenário de hoje, e projetando para 2018, o Michel vai ter dificuldade em negar esse pleito", disse o deputado do DEM, apostando que o presidente Temer venceria o ex-presidente Lula, que hoje é líder nas pesquisas de intenção de voto para o Planalto;

Tudo isso demonstra que o quadro político com vistas à sucessão presidencial poderá ser totalmente diferente de como estava há poucos meses, Os nomes que eram cotados para concorrer à Presidência da República poderão ser outros, como bem observou Rodrigo Maia. Em princípio, vamos acreditar em Michel Temer não será candidato em 2018. Porém, palavra de político nunca é definitiva, porque os fatos e as circunstâcias e os interesses podem fazer com que a nota do presidente poderá ser revogada a qualquer momento como se ele nada tivesse dito. Vamos dar tempo ao tempo e esperar para ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário