Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

25 de julho de 2016

Temer tem ministros que são 'especialistas' em falar sandices

O presidente Michel Temer está conseguindo se especializar em nomear ministros que parecem curtir fazer ou falar sandices. Isso não significa que eu queira a volta de Dilma, porque mesma cuidar de fazer a mesma coisa, não delegando as tarefas para ninguém, centralizadora como é. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, deu uma das maioes mancadas dos últimos tempos ao supervalorizar os possiveis terroristas brasileiros, parecendo mais um comandante do Bope, provocando o cancelameno de cerca de 20 mil reservas em hotéis, de turistas que viriam para a Olipíada Rio 2016. Está tramitando na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) projeto de lei estabelecendo que ao atender pessoas acidentadas o Corpo de Bombeiros verifique se o acidentado tem plano de saúde, e em caso positivo, o encaminhe a um hospital credenciado pelo plano, objetivando desfogar a rede pública. Houve ua reação de entidades médicas alegando que os hospitais não possuem unidade de pronto socorro aparelhadas como a rede púclica, e uma alternatva conciliadora é a de levar o acidentado ao pronto socorro público e depois de atendido a um hospital de seu plano de saúde;
A trapalhão de plantão é o ministro Ricardo Barros, da Saúde. Ele resolveu ser mais contundente e vai propor uma nova forma de ressarcimento dos planos de saúde ao Sistema Único de Saúde (SUS) pelo uso da rede pública por seus segurados. Alô, senhor ministro! O Art. 6º de nossa Constituição esabelece: "São direitos sociais a educação, "A SAÚDE", a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição". Ninguém deveria ter plano de saúde. O Governo é que deveria me conceder tal direito, que eu pago através dos impostos. Se eu sou filiado a um, é exatamente porque o Governo tem um dos piores sistemas de saúde do mundo. Imaginem quanto um cidadão com quase 80 anos paga por mês para ser filiado a algum, porque se recorrer à rede pública estará mais próximo do cemitério do que a um hospital. E ainda tem as despesas com remédios, algo normal com os idosos. Então, ministro Ricardo Barros, sua pressa em ser ressarcido pelo planos de saúde seria desnecessária se o Governo investisse mais na Saúde dos cidadãos. Um plano de saúde passaria a ser um artigo de luxo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário