Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

14 de dezembro de 2015

Pouca gente nas ruas não significa aprovação de Dilma

  • Quer dizer, então, que manifestações de rua contra o Governo, Dilma e Lula, só têm validade se houver a participação de mais de um milhão de pessoas? É isso que petistas e governistas querem dar a entender ao acompanhar as comparações feitas pela mídia mostrando as de ontem com as anteriores, mesmo sem levar em conta que não é fácil mobilizar mais de 80 cidades no Brasil num domingo, às vésperas do Natal, A realidade é que as manifestações deste domingo deixaro Governo preocupado. Não fora isso, a presidente não teria ficado de plantão o dia todo no Palácio Alvorada com alguns ministros 'da casa' acompanhando o desenrolar em várias cidades do Brasil. Um ministro afirmou que uma parte do povo ainda não é a favor do Impeachment de Dilma, havendo chance para conquistar apoio popular em favor de Dilma. É uma batalha bastante dura para os governistas, levando-se em conta o índice de 68% de eleitores que disseram querer ver o PT fora do Governo e de Brasília;
  • Uma coisa os cientistas e os comentaristas políticos afirmam. Apesar dos números menores, as manifestações contra Dilma & Cia. de agora são bem maiores que as anteriores. Os contrários de hoje são muito mais, isso porque se manifestam diariamente nas redes sociais e nas conversas com familiares e amigos, e até nas conservas com estranhos em lojas de shoppings, restaurantes, bares, lanchonetes e mercados. Essa á a razão de quase 70% dos eleitores opinarem em pesquisa pelo afastamento da presidente da chefia do Poder Executivo. Por sua vez, os oposicionistas entendem que mesmo durante o recesso do Legislativo e do Judiciário o assunto permanecerá na mídia, e logo após o carnaval é que vai começar o desfile do bloco 'Unidos pelo Impeachment de Dilma'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário