Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

24 de dezembro de 2015

O caos da Saúde do RJ 'queima o filme' de Pezão & Cia.

  • Já está na imprensa internacional o caos da saúde no Estado do Rio de Janeiro. Nunca se viu tantos hospitais públicos sem atender à população e fechando suas portas. Alguns só atendem quando o paciente está em risco de morte e alguns outros, quando chegam mulheres em trabalho de parto Há hospitais nos quais foram até colocados tapumes para que ninguém possa entrar. Também teve diretor de hospital que registrou ocorrência em delegacia de polícia acusando o Estado governado por Luiz Fernando Pezão por não haver feito os repasses para a aquisição do material necessário ao funcionamento do hospital, apesar de ter recebido dinheiro do Governo Federal para tal fim;
  • Em meio à crise, o secretário estadual de Saúde, Felipe Peixoto, pede exoneração do cargo para não sujar sua imagem, visto que pretende concorrer a prefeito de Niterói no ano que vem. Então, a pedido do Ministério Público (MP), o Supremo Tribunal Federal (STF) deu 24 horas para hospitais públicos e demais órgãos da Saúde voltem a funcionar plenamente e que o Governo do Estado repasse os recursos financeiros que sejam necessários para isso;
  • O problema é tão sério que a presidente Dilma se viu obrigada a criar um gabinete de crise para tentar ajudar o governador seu e e atual aliado, em votou em Aécio Neves para presidente, formando o que se chamou em 2014 de 'Aezão'. Mas, será difícil essa turma recuperar a imagem para 2018, quando tinham até pretensões de participar da sucessão presidencial. O secretário fujão deveria ser responsabilizado judicialmente por confessar, com a exoneração, que sua passagem pelo cargo tinha objetivos políticos pessoais e não levava em consideração as necessidades da população num setor que cuida de vidas humanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário