Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

17 de dezembro de 2015

'Placar' das manifestações: Oposição 83 mil x Governo 51 mil

  • Dando continuidade ao infindável duelo do 'nós contra eles' implantado pelo ex-presidente Lula, a CUT e o PT promoveram ontem em várias cidades do país manifestações a favor da presidente Dilma Rousseff, com o lema 'Não vai ter golpe' para confrontar as manifestações de domingo passado que pediam o impeachment de Dilma. Ontem, os governistas, além de tentarem levar mais manifestantes para as ruas do que os oposicionistas, aproveitaram para utilizar o 'Fora Cunha!', a quem acusam de retaliação por haver deslanchado o processo de impedimento da presidente. O 'placar' foi definido pela Polícia Militar: Oposição 83 mil x Governo 51 mil. Já o 'placar' dos organizadores foi: Oposição 407 mil x Governo 298 mil.;
  • Há bastante diferenças entre as duas manifestações, além dos números. Os organizadores de domingo fizeram bom uso das redes sociais e, apesar da proximidade do Natal muita gente se vestiu de verde e amarelo e carregando bandeiras do Brasil e foi para as ruas pedir o impeachment de Dilma e até o afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara dos Deputados. Já ontem, os manifestantes liderados pela CUT e pelo PT se vestiram de vermelho, as cores das duas entidades, e foram defender a presidente Dilma. Aliás, em todas as reportagens mostrando as manifestações pelo Brasil em apenas uma foi vista uma Bandeira Brasileira nas mãos de um manifestante;
  • Convém destacar que no Rio de Janeiro dois grupos vestidos de vermelho estavam em pontos distintos da Cinelândia, palco de retumbantes manifestações políticos, e pela pequena quantidade de adesões resolveram se juntar. Mas deu para se ver que havia no local mais pombos do que do que gente.Muita gente ainda pergunta por quê Lula não participou das manifestações em defesa de seu 'poste', mas nenhuma explicação foi dada. Houve quem dissesse que talvez fosse medo de esbarrar com o famoso 'japonês' agente da Polícia Federal (PF). Mas isso é outro assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário