Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

23 de dezembro de 2015

Aceite votos de Feliz Ano Novo, porque será difícil acontecer

  • O que não falta é notícia ruim, principalmente para a maioria do cidadão comum. Enquanto ainda se debate sobre se vai haver impeachment da presidente Dilma ou não, se Eduardo Paes e Renan Calheiros vão ser cassados ou não, ssai uma bomba no noticiário econômico, que vai refletir no bolso do povo. A inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), este ano vai chegar a dois dígitos e passar longe do teto da meta de 6,5%. O Banco Central (BC) projeta que a inflação deste ano em 10,8% feche. A estimativa divulgada em setembro era 9,5%. A última vez que a inflação ultrapassou dois dígitos foi em 2002, quando chegou a 12,53%. A previsão consta no Relatório de Inflação, divulgado trimestralmente pelo BC. Para o ano que vem, a estimativa para o IPCA subiu de 5,3% para 6,2%;
  • Numa espécie de compensação, o BC projeta que em 2017 a inflação deve ficar em 4,8%. Essas projeções são elaboradas com base na taxa básica de juros, a Selic, que está atualmente no patamar de 14,25% ao ano, e o dólar a R$ 3,90. O BC também divulga estimativas do cenário de mercado, em que são usadas projeções de analistas de instituições financeiras para a taxa Selic e câmbio. Neste caso, o IPCA também deve ficar em 10,8%, sabendo-se que feche a previsão era de 9,5%. Para 2016, a estimativa de mercado foi ajustada de 5,4% para 6,3%. Em 2017, a inflação deve ficar em 4,9%. O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu como meta de inflação 4,5% para 2016 e 2017, sendo que o limite de tolerância é 2 pontos percentuais no ano que vem e 1,5 ponto em 2017;
  • Como se pode ver, a inflação deste ano promete ser complicada na vida das pessoas.Além de economizar na compra dos presentes de Natal, pechinchando e escolhendo coisas baratas para a ceia, em janeiro começam a ser pagas as compras feitas este ano e ainda chegam os carnês do IPTU, as cotas do IPVA (para os que ainda têm carro) e mais o material escolar das crianças. Se fez compras com cartão de crédito, os juros estão em 415%, e se parcelar, no Natal de 2016 ainda estará pagando o que comprou este mês. Então, pessoal, aceite de todo mundo os votos de um Feliz Ano Novo, porque vai ser difícil de acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário