Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

10 de abril de 2012

Chega disso! As tragédias de repetem na Região Serrana do RJ

    O drama de Teresópolis se repete
  • Este Blog não tem pretensão de ser o mais lido de todos. Já é motivo de bastante orgulho ter registro de leitores em 72 países, sem contar no Brasil. Por tal razão, em face do foco político aqui sempre expresso, é sempre bom variar os temas, pois eles são bastante proporcionados pelos políticos brasileiros. Todavia, de vez em quando temos que ser repetitivos, principalmente quando o assunto se tona revoltante. É o que acontece com o descaso das autoridades com a região Serrana do Rio de Janeiro, outra vez às voltas com a constatação de mortes causadas pelas fortes chuvas que ali ocorreram nos últimos dias. As cinco mortes provocadas pelas enchentes em Teresópolis trouxeram ao conhecimento público o fato de que 15 meses depois das 900 mortes ocorridas em 2011, nenhuma casa prometida pelo Poder Público foi até agora entregue às pessoas que tudo perderam naquela cidade. Os desabrigados continuam na mesma situação;
    Isso foi em 2011 e continua assim
  • Segundo foi divulgado, cerca de 42 mil pessoas ainda vivem em áreas consideradas de risco, mais de um ano após as enchentes do ano passado. Quando a tragédia de 2011 atingiu a Região Serrana, a presidente Dilma Rousseff apareceu em Nova Friburgo, acompanhada do governador Sérgio Cabral, que havia voltado urgentemente de Paris a tempo de pegar uma carona no helicóptero presidencial, podendo aparecer diante das câmeras fazendo cara de choro, penalizado com a situação ali encontrada. O que não faltou foram promessas. No entanto, depois de novas mortes, 'somente' cinco e cerca de mil desabrigados, vem à tona a informação de que o descaso continua. Um sistema de alarme prévio para evitar tragédias foi anunciado aos quatro ventos, mas agora só funcionou uma depois da chuva cair e os moradores já com água quase no pescoço;
  • Em outubro vão acontecer as eleições municipais e é bem provável que o povo da Região Serrana reeleja muita gente, principalmente correligionários da presidente Dilma e do governador Sérgio Cabral. Mas esse mesmo povo só vai se lembrar da mancada na próxima enchente do início do ano que vem. Parece masoquismo, e é. O povo apanha e parece que gosta, pois traz todo mundo de volta para o Poder, sujeitando-se sempre ao desinteresse de seus representantes. Eles vão fazer as mesmas promessas, e o povo sempre acreditando e dando-lhes o direito de continuarem enganando esse mesmo povo. E, pior ainda, muitos vão enriquecer às custas dos recursos que por acaso forem destinados a solucionar os problemas cansados pelas enchentes;
  • Na realidade, não dá mais para deixar que os políticos continuem enganando os eleitores, servindo-se deles para se reelegerem e até mesmo para alguns enriquecerem às custas do dinheiro público. O povo precisa raciocinar mais e já este ano começar a promover uma rigorosa faxina, elegendo somente aqueles - muito poucos, por sinal - que realmente levem seus mandatos a sério e cuidem dos interesses coletivos daqueles que os escolhem nas urnas para representá-los. É hora de mudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário