Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

30 de setembro de 2010

PT coage empresários a doarem para campanha de Dilma

"Notamos que você não fez doação na última eleição e ainda não fez nesta". Parece uma declaração simples, mas não é. Segundo comentário da jornalista Miriam Leitão publicado ontem, este é o teor de uma verdadeira ameaça que emissários do PT estão fazendo a empresários que não contribuíram para a campanha da candidata de Lula. Isso tem nome: CHANTAGEM. É porque por trás disso há a lembrança de que o Bando Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que ultimamente vem aumentando de modo espantoso os financiamentos através de concessão de empréstimos que servem para alavancar o setor produtivo do Brasil. Esses empresários certamente estão sendo alertados de que a falta de ajuda na campanha de Dilma Rousseff poderá provocar uma seca da "fonte";

Essa é mais uma evidência dos motivos que levam o presidente Lula a subir nos palanques "depois do expediente" para tentar manter-se no Poder através de um "clone", pois certamente as empresas doadoras têm retorno de seus "investimentos", e aí ninguém sabe o que acontece com esses rios de dinheiro público que rolam pelo Brasil a fora. São nesses casos que surgem os "filhos de Erenice" para liberar recursos para os doadores de campanha, que com certeza correm atrás do ressarcimento do que investiram nas campanhas eleitorais de interesse dos detentores do Poder;

Ninguém pense que nos opositores de Dilma estariam santos que não entrariam nesse tipo de jogo, partindo da premissa de que são políticos que praticariam algo que sempre se fez no Brasil, como disse Lula justificando a descoberta do Mensalão do PT, em 2005. Mas os métodos atuais estão sendo considerados como modos que nunca antes neste País teriam acontecido. E é assim que vai continuar acontecendo, independentemente de métodos pouco democráticos que venham a acontecer a partir de uma possível vitória de Dilma, quando José Dirceu começar a implantar o "governo do PT" por ele anunciado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário