Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

7 de setembro de 2010

Quebra de sigilo fiscal não pode ter deboche, Lula!

A polêmica da quebra de sigilo fiscal de pessoas de alguma forma ligadas a José Serra continua rendendo. Se o presidente Lula faz deboche perguntando onde está o sigilo violado, a toda hora aparece comprovação de que os invasores já detectados ou são filiados ao PT e ao PMDB - já há um deles que é filiado ao partido do vice de Dilma -, fazendo com que o tema não saia das manchetes nem do do horário político obrigatório na TV e no rádio. Não dá para concordar com Lula e suas ironias sobre o assunto, nem com Dilma ameaçando ir à Justiça contra a vítima do vazamento de dados sigilosos. A verdade é que o assunto é mais sério do que qualquer conotação política que se queira dar aos fatos, até mesmo a absurda hipótese de que houve uma trama dentro do próprio PSDB, dentro de uma possível luta de Aécio Neves contra José Serra para o que o político mineiro fosse o escolhido pelo partido para concorrer à Presidência da República, o que se justificaria no fato das invasões terem ocorrido justamente em Minas Gerais;

Muitas se esquecem de que esse fato, em especial a quebra do sigilo fiscal de Eduardo Jorge, vice-presidente do partido tucano, surgiu exatamente a partir de um integrante do comando da campanha de Dilma Rousseff e que foi imediatamente afastado do comitê. A partir daí é que as demais invasões de dados na Receita começaram a aparecer. Há ainda o agravante de que vários outros tucanos tiveram seus sigilos fiscais violados. Acrescente-se a tudo isso a morosidade com que a Receita Federal passasse a investigar os fatos , isso somente depois de amplamente divulgados pela imprensa. E tem mais. O ministro Guido Mantega, superior hierárquico do Secretário da Receita, também ficou bastante "devagar", culminando agora com uma investigação que nunca será concluída antes da eleição, numa clara manobra para evitar que o caso respingue na candidata do Governo à sucessão;

Os contribuintes, de um modo geral, estão todos vulneráveis e precisam ter  a garantia estabelecida na Constituição preservada. A luta pela manutenção do poder não pode avacalhar de uma vez por todas os dados fiscais de quem quer que seja. Essa assunto tem que ser tratado com a devida seriedade. Sem deboches, Lula!

Um comentário:

  1. Tuesday, September 7, 2010
    A Lógica Canalha do Presidente

    Merval Pereira, O Globo:
    É conhecida a piada que circula entre os petistas segundo a qual Lula teria dito que essa questão de dossiê não abala seu eleitorado, pois eles não sabem o que quer dizer a palavra, e muitos a confundem com "doce".

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário