Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

3 de setembro de 2010

"Aloprados" ou "fogo amigo", tem que haver punição já

A quebra do sigilo fiscal de Verônica Serra, filha do candidato a Presidente da República José Serra (PSDB) continua rendendo notícias e comentários. Serra disse ontem que alertou pessoalmente, em janeiro, o presidente Lula para a hipótese de violação de sigilo fiscal de sua filha. Segundo ele, a conversa aconteceu no dia 25 de janeiro, quando se encontraram na solenidade oficial de comemoração do aniversário da cidade de São Paulo. Na ocasião, Serra teria mostrado a Lula cópias impressas de artigos publicados em blogs de apoio ao PT e à candidatura de Dilma Rousseff. Lula limitou-se a garantir, apenas, que nada tinha a ver com as publicações;

Já no site do jornalista Cláudio Humberto consta que a violação do sigilo fiscal de Verônica pode ter sido causa por "fogo amigo", ou seja, teria sido provocada por tucanos. A a violação do sigilo fiscal da filha de Serra, que vem sendo atribuída a “aloprados” do PT, pode ter sido obra dos próprios tucanos, uma vez que na época, setembro de 2009, havia uma guerra interna pela indicação do PSDB para a disputa presidencial. Aliados de Aécio Neves atribuíam à turma de Serra a produção de dossiês contra o então governador de Minas. E vice-versa. Segundo o Claudio Humberto, as sequelas da “guerra” Serra x Aécio impediram a aliança entre eles. Daí ter acontecido a vingança. Após abandonar a disputa interna, Aécio não escondia sua mágoa com o estilo Serra de atropelar adversários;

Seja lá o que tenha ocorrido obra de "aloprados" do PT ou "fogo amigo" de tucanos, a grande verdade é que a Receita Federal tornou nos últimos tempos num verdadeiro armazém de dados pessoais que com muita facilidade podem ser obtidos para criação de dossiês com objetivos políticos ou para chantagens contra empresários. O Governo não pode deixar para quando bem entender uma rápida e rigorosa investigação sobre o vazamento - há ainda o agravante de venda de dados da Receita Federal até por camelôs -, pois os fatos até aqui revelados demonstram que qualquer cidadão está à mercê de uma autêntica quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário