Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

19 de março de 2009

Depois do Arcebispo, o Papa

Depois da polêmica levantada pelo arcebispo de Olinda e Recife na caso do aborto da menina de 9 anos estuprada pelo padastro, agora a vez do do papa Bento XVI condenas o uso de camisinhas, e logo em sua viagem à África, onde o índice de contaminações de Aids é o mais elevado do mundo. Sua Santidade afirmou que o uso de preservativo, além de não evitar a contaminação ainda agrava o problema;
Há quem diga que pelo peso e importância de quem emitiu tais declarações, as mesmas podem ser até consideradas como criminosas, até mesmo como um incentivo a genocídio. O uso da camisinha é resultado de mais de 20 de pesquisas realizadas por técnicos das mais variadas áreas, como cientistas, médicos sanitaristas, epidemiologistas, sociólogos e representantes de outros importantes segmentos;
Aqueles estudiosos verificaram que a eficácia da camisinha acontece uma todas as regiões do mundo, em especial nas mais carentes, onde o povo não dispõe de educação adequada e com total falta de estrutura social. Assim sendo, desconsiderar tudo isso é um ato de irresponsabilidade;
Ao contrário, há quem defenda as afirmações do Papa, pois existem inúmeras outras formas de contaminação. Para estes, o que há são milhares de pessoas contaminadas que não se tratam, a partir do fato de que os hospitais públicos não dispõem de condições par tratar tais pessoas. E têm razão neste aspecto. Não adianta distribuir camisinhas a rodo (até Lula andou jogando "pelo avanço" no Carnaval do Rio);
O que é necessário é que o povo seja mais bem esclarecido, concordando ou não com a opinião de Bento XVI.

Um comentário:

  1. Ora, Leitão, por que o espanto? Este papa é super conservador, radical... o xiíta católico. Não se podia esperar outra coisa dele,né?
    Continuo batendo na mesma tecla: é por essas e outras que a Igreja católica está perdendo terreno.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário