Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

24 de outubro de 2013

Dilma consegue a 'proeza' de desmentir a presidente da República, ela mesma

Na década de 1970, o índio Mário Juruna ficou famoso ao percorrer os gabinetes da Fundação Nacional do Índio, em Brasília, lutando pela demarcação de terra indígenas, levando sempre a tiracolo um gravador de fita cassete, para, segundo dizia, 'registrar tudo o que o branco diz' e constatar que as autoridades, na maioria das vezes, não cumpriam a palavra. Juruna foi eleito deputado federal pelo PDT (1983-1987), representando o Estado do Rio de Janeiro. Sua eleição teve uma grande repercussão no país e no mundo. Foi o responsável pela criação da Comissão Permanente do Índio no Congresso Nacional do Brasil, o que levou o problema indígena ao reconhecimento formal. Em 1984, denunciou o empresário Calim Eid por tentar suborná-lo para votar em Paulo Maluf, candidato dos militares à Presidência da República no colégio eleitoral. Ele votou em Tancredo Neves, candidato da oposição. Os tempos são outros, mas parece que a presidente Dilma está precisando gravar o que ela mesma diz, pois acaba de desmentir uma declaração feita há seis meses sobre a quantidade de creches que prometeu implantar no País;

Ao inaugurar uma creche ontem Minas Gerais, reduto político de seu adversário Aécio Neves (PSDB) e onde ela tem ido constantemente, Dilma declarou, a respeito de Uma promessa de construção de mais de 8 mil creches: "De repente, meu compromisso de 6 mil virou 8 mil. Não sei de onde apareceram os 8 mil. Eu vivo perguntando aos meus botões; Quem são as fontes do Planalto? Eu tô assumindo meu compromisso com 6 mil. E espero que asa fontes do Planalto se restrinjam às fontes de água". Pois bem, se Dilma tivesse o mesmo costume do índio Mário Juruna, deveria gravar o que ela mesmo diz para depois não cometer uma gafe do tamanho dessa. No dia 1º de abril passado ─ pode ser que tenha sido uma pegadinha relativa do Dia da Mentira ─, Dilma afirmou: "Estamos selecionando novos projetos para garantir os recursos do Governo para a construção de mais 3.288 creches. Assim, somando as 5.397 creches com as 3.288, vamos chegar a 8.685 creches. O nosso compromisso era 6 mil, mas é muito possível que seja um número maior";

Então, está na hora de alguém no Palácio do Planalto se encarregar de gravar tudo o que Dilma Rousseff fala, pois não fica bem para ela ter que desmentir a palavra da presidente da República, que por sinal é ela mesma. Equipamentos modernos é o que não falta no mercado. Até os celulares dispõem de gravadores até de vídeos. Que mancada, hein, dona Dilma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário