Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

8 de março de 2011

Chega de mordomias para parlamentares!

Qualquer pessoa que viva sustentando-se e à sua família apenas com seu salário sabe que, por melhor e maior que seja terá que filiar-se um plano de saúde porque não pode cotar com o sistema público de assistência. Foi até engraçado quando Lula afirmou que o sistema de saúde do Brasil era de alto nível. Todo mundo sabe que o Brasil trata muito mal quem necessite ser atendido pelo Sistema Único de Saúde, o famigerado SUS. Pois bem, há no País um grupo privilegiado que ganha bem demais e que não precisa de plano de saúde para ter assistiria médica para si e seus familiares. São nossos ilustres parlamentares. E com um agravante: o povo é que paga com seus impostos mais essa mordomia;

É incompreensível que uma pessoa ganhando um salário de R$ 26 mil e 700 não se sustente e à sua família com o que recebe pelo seu trabalho. Quem recebe R$ 545 por mês tem que submeter-se ao SUS. Já aquele que recebe cerca de 49 salários mínimos tem assistência médica garantida para si e seus familiares. E quem paga é o povo, incluindo-se aí os que recebem apenas um salário mínimo, pois paga imposto em tudo que consegue adquirir com essa salário cuja aprovação foi efusivamente festejada pelos parlamentares do PT e da base aliada de apoio ao Governo Dilma Rousseff no Congresso Nacional;

Não dá para se aceitar que os parlamentares, com tão alto salário, ainda tenham as mordomias a que têm direito e que os mesmos custem aos cofres públicos cerca de R$ 100 mil. É hora do povo começar a reclamar, pois é muita coisa para quem pouco faz, "trabalhando" apenas três dias na semana. Há acusações muitas vezes comprovadas, de que parlamentares "nomeiam" assessores e ficam com grande parte dos salários deles. O povo não pode ficar calado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário