Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

20 de agosto de 2009

STF cobra do Planalto registro de entrada e saída de Lina Vieira

  • Está no site do jornalista Cláudio Humberto (http://www.claudiohumberto.com.br) e com certeza deve estar incomodando nas salas e corredores do Palácio do Planalto, pois trata-se de uma tomada de posição de um dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF):
    • O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), cobrou hoje (20) do Palácio do Planalto a divulgação dos registros de entrada e saída da ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira no local. Para ele, “não há motivos para esconder as informações”. Os registros podem confirmar ou não a suposta afirmação de Lina de que esteve reunida com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Segundo a ex-secretária, em um desses encontros Dilma teria pedido “rapidez” nas investigações sobre empresas de Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney. Marco Aurélio disse ter certeza de que o Planalto divulgará o registro de presença da ex-secretária, “se ela de fato esteve no local”;
    • No mesmo site, outra informação por certo não está também agradando à turma do Palácio do Planalto:

    • A Câmara dos Deputados encaminhou hoje (20) à Presidência da República o pedido da oposição para receber cópia das gravações do circuito interno da Casa Civil entre novembro a dezembro de 2008. O requerimento do DEM pede ainda a planilha de carros que entraram e saíram da Casa Civil no período. O objetivo dos oposicionistas é verificar o possível encontro entre a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira. No entanto, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) tem dito que não pretende divulgar as informações para preservar a privacidade dos visitantes;
    • O líder do DEM na Câmara, deputado Ronaldo Caiado (GO), afirmou que as imagens são importantes para comprovar o encontro. O ministro José Múcio Monteiro (Relações Institucionais) saiu hoje em defesa de Dilma e disse que o governo considera o assunto superado e que o governo não precisa perder tempo com coisas menores;
    • Em meio a tudo isso, o que mais chama a atenção é o esforço do Governo em tentar por todos os meios impedir que a ministra da Casa Civil compareça em qualquer instância do Poder Legislativo para falar sobre o tal encontro extra-agenda para tratar de assunto que na esfera administrativa não lhe dizia respeito. Dessa forma, vai pairar sempre a dúvida e muita gente vai ficar acreditando que as duas damas andaram realmente conversando.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não saia do Blog sem deixar seu comentário