Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

25 de agosto de 2009

DEM vai ao MP contra Gabinete de Segurança

  • O partido Democratas (DEM) anunciou que vai entrar ainda hoje (25) com uma representação no Ministério Público Federal contra o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, pedindo ao MP que abra procedimento investigatório em relação às condutas praticadas pelo ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Armando Félix. General Félix disse que não há registro que comprove o suposto encontro entre a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira e a ministra Dilma Rousseff. E que as fotos das pessoas que vão ao Palácio do Planalto ficam arquivadas por apenas um mês. O DEM não acredita na versão oficial e diz que houve queima de arquivo;
    • Já o jornalista Cláudio Humberto, em seu site (http://www.claudiohumberto.com.br) diz que a Receita sabe a data da reunião Dilma-Lina. E afirma: ”A memória pode ter traído a ex-secretária Lina Vieira, mas a Receita Federal sabe exatamente o dia em que ela se reuniu com a ministra Dilma Rousseff. Sabe, mas esconde a prova. É que, ao retornar do encontro, Lina consultou a situação dos processos envolvendo um dos filhos do senador José Sarney. Todos os ingressos nos sistemas da Receita ficam registrados, com nome do usuário, dia e hora do acesso”;
    • Cláudio Humberto indaga: “Cadê o sistema? Em 2005, o general Jorge Félix (Segurança Institucional) gastou R$ 3,2 milhões no sistema de “identificação digital” de quem entra no Planalto”. Ele chama Lina de “a invisível”. E diz mais:”A ‘identificação digital’ do general Félix inclui 225 câmeras, sensores cancelas, catracas, cartões. Agora diz que nada disso “viu” Lina Vieira”. Com a foto deletada, a “identificação digital” fotografou e fez imagens de Lina Vieira, que sumiram para Dilma Rousseff não passar por mentirosa”. Finalizando, o jornalista pergunta: “O apagador de fitas de vídeo está entre os gastos secretos da Presidência da República”?

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não saia do Blog sem deixar seu comentário