Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de agosto de 2009

Candidatura de Marina Silva muda tudo

  • Está hoje na imprensa: "Após uma série de conversas ontem, inclusive com colegas petistas, a senadora Marina Silva (PT-AC) deu sinais mais claros de que deverá mesmo se filiar ao PV. O movimento político da ex-ministra do Meio Ambiente já causara reações de aliados do Governo, como p PSB, que vai tentar convencer o presidente Lula de que é preciso mudar a estratégia para a eleição de 2010 e lançar mais candidatos da base";
  • A notícia prossegue destacando: "Ontem, após conversas no Senado, Marina afirmou que não quer 'prolongar este processo' de decisão por respeito ao PT, ao PV e a ela mesma. Seus colegas de bancada divulgaram carta apelando para que fique no partido, mas já reconhecem que ela pode sair". Marina ainda foi perguntada se não temia perder o resto do mandato, uma vez que a legislação atual prevê que o mandato é do partido;
  • Quanto a perder ou não o mandato, a senadora do Acre deixou mais clara ainda sua intenção de abandonar as hostes petistas depois de 30 anos de militância: "Quando se fala de algo da magnitude que estou fazendo, o cálculo político apequena o debate. O mandato que eu tenho é uma honra que recebi do povo acreano. Mas não será o medo de perder o mandato que me fará desistir do que acredito e do que defendo";
  • Pesquisas não oficiais já teriam demonstrado que a candidata de Lula estaria estacionada num pércentual e até com alguma diminuição em face das posições dos governistas em relação principalmente à defesa de José Sarney comandada por Lula, o que já estaria fazendo estragos na candidata do presidente, que não pode mudar radicalmente de posição exatamente por necessitar do apoio do PMDB à candidata à sua sucessão;
  • O que ocorre é que a possível candidatura de Marina Silva é na realidade um fato novo, principalmente por ser ele uma militante histórica do PT e experiente em participação de eleições, ao contrário da outra mulher candidata, oriunda do PDT e sem nenhuma experiência eleitoral, sendo hoje alavancada por Lula num palanque diário na procura de vinculá-la a possíveis ações positivas do Governo;
  • Já começam as manifestações de adesão à possível candidatura da senadora Marina Silva, que surge como uma terceira via para escolha do eleitor, ao mesmo tempo em que a eleição de 2010 deixa de ser um plebiscito entre Governo e Oposição, como Lula tanto queria. O quadro muda consideravelmente, cabendo aos eleitores mais uma opção de escolha. O certo é que um novo fato poderá alterar o quadro até então vigente.

Um comentário:

  1. Acredito na candidatura dela. Ela apresenta uma junção de humildade, conhecimento e zelo pelo meio ambiente. Ela me parece que não perdeu aquele ideal que tinha o PT anteriormente.
    Parabéns pelo blog!

    www.apologiaeespiritualidade.blogspot.com

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário