Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

2 de setembro de 2013

Voto secreto: No Brasil tem um outro tipo de 'vândalos mascarados'

Muita gente reclamou e ainda reclama da participação de pessoas portando máscaras nas manifestações de rua desvirtuando os objetivos daqueles que reclamam principalmente contra o descaso dos administradores públicos, reclamando contra a má aplicação dos recursos dos impostos arrecadados, por sinal um dos mais elevados de mundo. O pior da presença dos mascarados é a constante depredação que protagonizam, danificando, além de patrimônios públicos, bens de empresas, bascos e até de pessoas físicas, num evidente desvirtuamento dos objetivos das manifestações. Acresce a isso a pouco repressão por parte das polícias, que com base nos excessos por elas praticados nos eventos de junho passado parecem ficar de mãos atadas para reprimir os atos de vandalismo, graças às críticas de ONGs e até da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB);

Ainda assim há quem diga que os mascarados estão a serviços dos governantes, dividindo as atenções da mídia para seus atos violentos enquanto que as reivindicações ficam em segundo plano no noticiário. Há alguma lógica nisso. Não é impossível que isso aconteça. Em se tratando de política no Brasil, tudo é possível. Há denúncias de que são pessoas sustentadas através de verbas de ONGs ligadas ao Governo Federal ou que ocupam cargos em órgãos governamentais. Pode até ser, mas há outros 'mascarados' danificando muita coisa no Brasil, e são muito bem pagos para isso. Estes com certeza danificam muita coisa, principalmente a autoestima do brasileiro;

Se os mascarados nas manifestações são considerados marginais, os outros 'mascarados' são também do mesmo naipe. É o que pode se dito de parlamentares que por trás da máscara do voto secreto votam sem que seus legítimos patrões, os contribuintes/eleitores, saibam o que seus 'representantes' estão aprovando ou rejeitando em nome deles nas votações secretas do Congresso Nacional. Se a sociedade exige que as manifestações sejam pacíficas e de rostos à mostra, ela também exige que os parlamentares mostrem suas caras e não mais cometam a 'baderna' praticada por 'picaretas de Lula' que votaram contra ou se omitiram na votação da cassação do mandato do deputado-presidiário Natan Donadon, talvez pensando na possibilidade de eles mesmos serem alvos de votações semelhantes no futuro;

Está na hora, portanto, de o povo não deixar de lado essa legítima manifestação no Sete de Setembro. É uma forma de pressionar os parlamentares a, entre outras coisas, adotar imediatamente o voto aberto constantes da PEC 349/2001, que estabelece o voto aberto em TODAS as votações em TODAS as casas legislativas do Brasil. O que não é mais tolerável é assistirmos a esse autêntico quebra-quebra de corporativismo e desrespeito a eles mesmos, mantendo em seu mandato quem já tenha sido condenado por 'meter a mão' no dinheiro público, como é o caso dos mensaleiros que estão prestes a serem os novos 'hóspedes' de uma penitenciária. Não é possível que se forme a 'Bancada da Papuda';

Uma boa notícia acaba de ser divulgada no site do jornal 'Folha de São Paulo' (Leia aqui) e também no do 'Estado de São Paulo' (Leia aqui) informando que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso atendeu parcialmente um pedido feito pelo líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), e suspendeu os efeitos da sessão que manteve o mandato do deputado Natan Donadon (ex-PMDB-RO) até que o plenário do STF se manifeste sobre o caso.A decisão, no entanto, não implica a perda automática do mandato do deputado, que, de acordo com Barroso, deve ser processada pela Mesa Diretora da Câmara. Parece que o jogo ainda não acabou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário