Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

11 de janeiro de 2011

Desrespeito ao contribuinte

Isso é que é vida, e quem paga é o contribuinte
Em seus oito anos de governante, Lula se destacou pelos mais de 400 dias em que esteve visitando outros países, além de estar fora de Brasília, seu local de trabalho, por mais de mil dias. Mas de uma outra forma Lula também se destacou durante seus dois mandatos. É que "nunca antes na história deste país" um Presidente da República este tão exposto na mídia e fazendo discursos todos os dias, algumas vezes mesmo falando diante de câmeras e microfones várias vezes ao dia. Até hoje, o povo não está ouvindo a voz rouca de Lula, tanto lendo discursos previamente redigidos como através de seus famosos improvisos;

Acontece, porém, que diariamente Lula ainda aparece na mídia, sendo notícia por causa de fatos que ocorrem envolvendo a ele e sua família, de modo não muito abonador, pois tais fatos estão sendo objeto de violentas críticas e até de ameaças de contestação na Justiça. Os dois fatos que mais vêm sendo objeto de notícia são as férias do ex-presidente no Forte dos Andradas  e os passaportes diplomáticos concedidos a dois filhos e um neto de Lula;

Quanto às férias de Lula, pode-se até se admitir que logo após sair da Presidência e tendo em seu lugar alguém de seu grupo político, seja ele convidado para uns dias de descanso e de readaptação à nova vida num forte do Exército. Como se sabe, os ex-presidentes que tenham exercido integralmente seus mandatos têm, por lei, direito a uma pensão vitalícia, além de assessores, carros, motoristas e seguranças. Parece que é demais, mas é uma prerrogativa legal com base na importância do cargo exercido. São beneficiários desta lei, além de Lula, os ex-presidentes José Sarney e Fernando Henrique. Quanto a Collor e Itamar, os dois exerceram os cargos em pedaços;

Todavia, por mais que o ministro Nelson Jobim, da Defesa, assuma que partiu dele o convite para que Lula tirasse férias num forte do Exército, o certo seria que ele e a ex-primeira dama ficassem alguns dias de descanso por lá. Falta, no entanto, Jobim informar por que razão ele teria também convidado os filhos, netos e noras de Lula . É inadmissível que essa "farranchada" toda esteja ali se esbaldando às custas do contribuinte. E o Exército ainda andou fazendo uma compras de complementos para a mordomia da "família real". Isso tudo caracteriza um abuso e falta de respeito aos contribuintes.

Um comentário:

  1. Grande postagem, Airton! E que bela foto da vagabundagem custeada pelos cofres públicos, não verdade?

    Fiz uma postagem sobre o tema no Dando Pitacos. Dei-lhe o título "Tudo como dantes, no Quartel de Abrantes". O texto foi fechado da seguinte forma:

    "A grande, a triste, a desanimadora verdade, minha gente, é que o Forte é dos Andradas, mas é no Quartel de Abrantes que tudo continua como dantes! Eles, os da panela política, por cima, saboreando o filé; e eu e vocês, que pagamos as contas, por baixo, roendo o osso!

    E o salário-mínimo não pode passar de R$ 540..."

    Um grande abraço...

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário