Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

22 de outubro de 2010

Lula tem que controlar militantes do PT

O comportamento dos petistas que tumultuaram a caminhada de José Serra no bairro de Campo Grande, no Rio de Janeiro, e que está rendendo muito espaço na mídia não deixa de ser preocupante. Não há justificativa para um grupo de militantes de uma candidatura adversária  de modo bastante ostensivo durante um evento de campanha eleitoral. Da mesma forma, não há como não se esperar uma reação por parte de alguns militantes que estejam participando do evento, quando os ânimos ficam exaltados na medida em que o dia da eleição decisiva se aproxima. O que não se espera é que um presidente da República utilize um evento oficial para transformar o momento em palanque e ainda pratique agressão verbal contra a candidata que ele quer ver eleito na sua sucessão;

O discurso de Lula chamando José Serra de mentiroso e tratando o episódio como se fora uma farsa não se justifica, mesmo que fosse um factoide. Pior ainda é que a televisão mostra que o que aconteceu não foi o que Lula achou que era, dizendo que Serra estaria supervalorizando o fato de ter sido atingido por uma simples bolinha de papel. Para ele, não houve o segundo objeto atirado pelos petistas em Serra, mais pesado e que o levou a ser medicado. Positivamente, Lula não está agindo corretamente. Ele não está governando o Brasil, que também não está tendo Câmara e Senado em atividade;

No entanto, o que de pior poderá acontecer é a reação dos militantes petistas caso venham a perder a eleição. Com o chefe maior incentivando não uma vitória eleitoral mas sim uma guerra do "nós contra eles", com certeza vai ser difícil controlar seus seguidores sem eles tiverem que conviver com uma derrota, com milhares deles perdendo os cargos que têm nos diversos órgãos do Governo, totalmente aparelhado partidariamente. Seria o fim das "boquinhas", e aí são se sabe o que aconteceria nas ruas. Ainda é tempo de Lula se comportar como estadista e controlar a turba que o segue antes que o pior possa vir a acontecer.

3 comentários:

  1. Estas atitudes de Lula somente reforçam a tese de que ele é o chefe de uma facção, além de insitar indiretamente a lutas contra o "inimigo" já que ele não encherga José Serra como candidato.
    Até Hélio Bicudo, fundador do PT (agora ex-membro), deixou o partido e declarou seu voto em Serra.
    Grande Abraço
    André R.
    www.transparn

    ResponderExcluir
  2. Há males que vêm para bem. Quem sabe assim as pessoas passem a se questionar sobre quem é o PT. Um bando de arruaceiros sem escrúpulos. Mas que isso vai interferir na decisão de alguns, isso vai. O resultado se verá nas urnas.

    ResponderExcluir
  3. Ele quer controlar a imprensa, mas deixa livre, leve e solto os militantes do PT.

    Pensar que votei nele no 1º turno.....Cheguei até discutir com meu irmão por causa delle. Mas, graças a Deus, ACORDEI da hipnose.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário