Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

28 de janeiro de 2017

Renan pode indicar a Temer ministro que irá julgá-lo em 10 processos no STF?

"Que país é esse?", cantava o grupo Legião Urbana em décadas passadas. A resposta pode ser dada com uma frase bem mais antiga: "O Brasil não é um país sério". atribuída ao então presidente da França, Charles de Gaule, em 1962. As duas afirmativas ficam bastante atuais quando tomamos conhecimento da visita do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) ao presidente Michel Temer fazendo lobby em favor do nome de Bruno Dantas, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) para integrar o Supremo Tribunal Federal (STF) na vaga aberta com o morte do ministro Teori Zavascki. O presidente pode receber sugestões de qualquer pessoa definir quem ele irá indicar para completar a composição do STF, decisão que é exclusivamente dele. mas a comprovação da falta de seriedade do nosso país é o presidente se dê ao trabalho de receber sugestão de alguém que tem cerca de dez investigações no Supremo;

O mais importante é que a presidente do STF, ministra Cármem Lúcia, não cometa o erro de submeter a sorteio o nome do novo relator da Operação Lava-Jato, porque há o risco de os ministros Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli serem sorteados e por conta de suas antigas ligações com o PT mandar soltar todos os "companheiros" implicados e ainda mandar prender os acusadores. A maioria do povo espera que ela seja corajosa e homologue de uma vez as 77 delações dos executivos da Odebrecht. Vá em frente, ministra, os mais de 3 milhões de brasileiros que foram às ruas estão com a senhora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário