Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

11 de janeiro de 2017

Ações estapafúrdias fazem o Brasil viver em constante estado de 'Zorra Total'

A cada dia o Brasil aumenta o seu estado de "Zorra Total". O noticiário na TV, no rádio, nos sites informativos e nas redes sociais mostra fatos que servem para aumentar consideravelmente o estresse da população. Um dos últimos absurdos foi a decisão do Governo Federal de premiar funcionários da Receita Federal e auditores fiscais do Trabalho com uma polpuda gratificação alegando que eles, por conta de suas atribuições, trazem dinheiro para os cofres da União. Mas há um detalhe surreal (olhem o termo aí outra vez): um total de 45 mil servidores farão jus ao prêmio, mas somente 18 mil são ativos e os demais 27 mil são aposentados e pensionistas, que não trazem um centavo para o Tesouro Nacional, apenas fazem parte da despesa. Ser premiado pelo que não fez, não é nada justo;

E o que é dado a mais para os ativos também não tem cabimento, porque arrecadar é a obrigação deles. Não está correto o funcionário ser premiado pelo fato de ter feito e que era para ele fazer. Fica difícil para o cidadão acreditar que a economia do país possa melhorar vendo o Governo pagar gratificação de produtividade a servidores ativos e inativos criando uma despesa que até 2019 chegará a R$ 8 bilhões. Em meio a essa "Zorra", o morador do Rio de Janeiro toma mais uma pancada: a Prefeitura da capital anuncia que estão abertas até o dia 23 deste mês inscrições para um concurso destinado a contratar Médicos visando à melhoria do atendimento na rede pública de Saúde, com salário de R$ 2.148,00. Este foi o mesmo salário previsto no concurso para a função de Gari realizado em 2014, na administração de Eduardo Paes. Para os mais que necessários homens da limpeza público já é uma remuneração muito baixa, porém a responsabilidade e o nível de preparo dos médicos são altamente superiores às do gari. Fica muito difícil para o cidadão entender tudo isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário